WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I














maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Tecnologia’

Tecnologia: Integração entre WhatsApp e Messenger deve chegar em breve

Imagem ilustrativa

A integração entre WhatsApp e o Messenger, do Facebook, pode estar mais próxima do que pensamos. O Facebook, após ter integrado o Messenger com as mensagens diretas do Instagram, agora pretende unir os dois aplicativos com o WhatsApp. A novidade foi descoberta pelo investigador de código Alessando Paluzzi, que descobriu no código da última atualização do Messenger um chat do WhatsApp. Embora a integração entre WhatsApp e Messenger não esteja implementada ainda, Paluzzi conseguiu mexer no código o suficiente para ter uma prévia de como a função será executada.

Paluzzi também conseguiu descobrir que a integração entre WhatsApp e Messenger será opcional, assim como a do Instagram e do Messenger — iniciada ano passado e que chegou no Brasil semana passada — também é. E também assim como a integração anterior entre o Instagram e o Messenger, funções que não estão presentes no WhatsApp, como o “Assistir Juntos”, estarão disponíveis para os usuários de ambos os aplicativos quando estiverem conversando entre si.

Não há nenhum anúncio oficial sobre essa integração, mas com as informações que Paluzzi conseguiu, principalmente o fato que a função está em testes no iOS, é bem possível que até o fim do ano a integração entre os aplicativos esteja feita. Assim como a integração com o Instagram, porém, a novidade não deve ser liberada para todos os usuários de uma vez só, podendo até mesmo passar por etapas e lançamento em somente alguns lugares do mundo primeiro.

Para mais novidades do Facebookcomo a criação de Avatar na plataforma, fique de olho no Showmetech.

Brasília: Bolsonaro veta garantia de internet à rede pública de ensino

Blog Panorama Geral // VN

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou o projeto de lei que garantia acesso gratuito à internet, para alunos e professores da rede pública de ensino. Além disso, o projeto também iria beneficiar estudantes de escolas em comunidades quilombolas e indígenas.

O texto previa repasse de R$ 3,5 bilhões pela União aos estados e ao Distrito Federal para que os gestores locais adotassem as medidas necessárias. Os valores incluiriam a compra de planos de internet móvel e de tablets para professores e alunos.

O projeto estabelecia que as operadoras de telefonia móvel deveriam oferecer aos alunos de instituições oficiais de educação básica, a gratuidade do tráfego de dados utilizado para a realização e o acompanhamento de atividades escolares remotas.

“Embora se reconheça a boa intenção do legislador, a medida encontra óbice jurídico por não apresentar a estimativa do respectivo impacto orçamentário e financeiro”, justificou o governo nas razões para o veto. A palavra final sobre o texto cabe ao Congresso Nacional, que pode derrubar vetos presidenciais em sessão conjunta. Para que um veto seja rejeitado, são necessários 257 votos de deputados e 41 votos de senadores.

tecnologia: Com atualização, WhatsApp para de avisar se áudio foi escutado

Blog Panorama Geral // Portal Uol

Uma nova função do WhatsApp promete trazer mais privacidade aos seus usuários. O aplicativo deixou de avisar se os áudios foram ouvidos por quem desativou a confirmação de leitura de mensagens. As informações são coluna Tilt, do portal Uol. Porém, a novidade, por enquanto, só pode ser utilizada por quem tem um iPhone.

A atualização está disponível na versão 2.21.40.13, na APP Store. Na versão web, acessada em PCs, a função ainda não funciona. Para desativar a confirmação de leitura, basta acessar os três pontinhos na no lado superior direito da tela, entrar em “Configurações”, depois em “Conta”, “Privacidade” e desativar a “Confirmação de Leitura”.

COVID-19:Governo anuncia prorrogação do Toque de Recolher na Bahia por mais 48h

Blog Panorama Geral / G1

Neste domingo (28), o governador Rui Costa anunciou a prorrogação do decreto que determina o fechamento dos serviços não essenciais na Bahia por mais 48 horas. Além disso, o toque de recolher, de 20h às 5h da manhã, permanece valendo para todas as regiões do estado até o próximo domingo (7). A informação foi divulgado por meio das redes sociais de Rui Costa e do prefeito de Salvador Bruno Reis.

A decisão, que foi tomada em conjunto pelo governador e gestores municipais, levou em conta o alto número de ocupação de leitos de UTI, que neste momento é de 85%. Clique aqui para acessar o decreto novo.

Com as determinações, estão suspensos eventos e atividades, independentemente do número de participantes e horário, que envolvam aglomeração, como cerimônias de casamento, atividades religiosas, solenidades de formatura, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Também estão proibidas atividades esportivas coletivas amadoras, já as práticas individuais estão permitidas desde que não gerem aglomerações. Estabelecimentos comerciais como padarias e supermercados poderão funcionar, mas sem comercializar bebidas alcoólicas.

Em seu pronunciamento, o governador fez um apelo para que as pessoas continuem usando máscara e mantendo o distanciamento social.

Tecnologia: Salvador é primeira entre capitais do Grupo C40 a ter plano de ação climática

Jornal Metropolitano

Salvador passará a ter o próprio Plano de Ação Climática de Salvador. A capital é a primeira entre as nove cidades da América Latina que são apoiadas pelo Grupo C40 de Grandes Cidades para a Liderança do Clima a obter esse reconhecimento. A apresentação do documento foi realizada nesta terça-feira (29) pelo prefeito ACM Neto e pelo vice, Bruno Reis, acompanhados do secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), João Resch, durante entrega do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Clarice de Almeida Ferreira, no Calabar.

“Salvador construiu uma agenda ambiental muito forte nos últimos oito anos, algo que, no início de 2013, nem era discutido na cidade. Dentre outros objetivos, temos uma meta ambiciosa de neutralizar as emissões de carbono na cidade até 2049, quando a capital baiana completará 500 anos”, declarou ACM Neto.

O Plano de Mitigação e Adaptação às Mudanças do Clima em Salvador (PMAMC) foi aprovado no último dia 3 pelo C40 e é uma iniciativa da Secis financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo em Salvador (Prodetur), em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). Dividido em quatro eixos estratégicos, o PMAMC propõe 57 ações de curto, médio e longo prazos relacionadas à mitigação e à adaptação climática, tendo como horizontes os anos de 2024, 2032 e 2049: Salvador Inclusiva; Verde-azul; Resiliente; e Baixo Carbono.

Ao todo, são 14 metas de mitigação e 11 de adaptação. Para 2024, por exemplo, a meta geral de mitigação é reduzir em 15% as emissões de GEE em relação a 2018, enquanto a outra se resume a promover a capacitação da comunidade em adaptação às mudanças do clima em 50% das áreas de risco trabalhadas pelos Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdecs) em 2018.

“Esse plano é um marco para a cidade, que coloca Salvador em vanguarda na agenda de mudanças climáticas. Um compromisso assumido pela Prefeitura em 2016 de seguir o Acordo de Paris e projetar a cidade a curto, médio e longo prazo, atendendo a estas certificações do acordo. Tem muita coisa a ser feita para avançar nesta pauta, mas, se não tivermos um horizonte agora, será muito difícil conseguir lá na frente, pois a mudança climática já é real”, disse João Resch. O documento foi executado por um consórcio composto por WayCarbon, Governos Locais pela Sustentabilidade (Iclei) e WWF, além de ter contado com o apoio do C40 e da Agência GIZ de Cooperação Alemã. Ele pode ser baixado pelo site www.sustentabilidade.salvador.ba.gov.br.

Boa Nova: Prefeito Adonias Rocha visita obra no Distrito do Valetim

Foto / ASCOM – PMBN

Prefeito do município de Boa Nova, Adonias Rocha, esteve visitando a obra de construção da torre de celular no Distrito do Valentim, cerca de 12 km da sede. A instalação da torre permitirá acesso a rede mundial de comunicação via celular e acesso a internet através da operadora TIM.

A comunidade local está otimista com a chega do sinal no Distrito, que facilitará a comunicação entre amigos e familiares, como também será uma das maneiras de trazer inovação e tecnologia para Valentim.

Na oportunidade, o prefeito Adonias esteve ouvindo as demandas da comunidade, que receberá novos investimentos a partir de 2021.

“Eu quero que no nosso município todos tenham acesso à saúde, à educação. Eu quero mais qualidade de vida, e a comunicação é um item muito importante neste processo. Quem mora em áreas sem cobertura de celular sabe o quanto é difícil. A implantação desta torre é de grande relevância para a população do Valetim”, concluiu o prefeito.

Após a conclusão da obra no Distrito do Valentim, será construída uma torre da TIM na sede do município.

*Reportagem / Blog Panorama Geral

Tecnologia: Anatel e Abdi fecham acordo para testes de redes privadas de 5G

Correio

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (Abdi) assinaram um acordo para realizar os primeiros testes no Brasil relacionados ao uso de redes privadas da tecnologia 5G. O 5G é o nome dado à nova geração de conectividade móvel. Especialistas apontam um grande potencial pelo aumento da velocidade, da capacidade de banda e da redução das perdas de conexão em relação ao 4G.

O governo federal prepara um leilão para a exploração comercial da tecnologia. Mas, para além desta modalidade, em que operadoras oferecerão pacotes a usuários, a Anatel também prepara a possibilidade de empresas poderem utilizar redes privadas para diversas finalidades. O gerente de Espectro, Órbitas e Radiodifusão da Anatel, Agostinho Linhares, explicou que essas redes privadas poderão ser utilizadas para novos arranjos produtivos digitalizados que vêm sendo chamados de “indústria 4.0”.

Indústrias poderão integrar suas redes de telecomunicações, permitindo a coordenação de robôs, sensores e outros equipamentos ativados por meio de uma conexão móvel e que conversam entre si, na chamada “Internet das Coisas”. De acordo com o gerente da Anatel, o propósito dos testes em parceria com a Abdi é avaliar como o 5G funciona neste tipo de rede, em diferentes situações, para distintas aplicações e em locais e instalações variadas. “Este acordo é um instrumento para incentivar o desenvolvimento produtivo e tecnológico. O objetivo é ter projeto piloto para experimentar e validar diferentes faixas de frequência, avaliando indicadores de desempenho”, disse Linhares à Agência Brasil.

A expectativa é que os primeiros resultados sejam divulgados no primeiro semestre do ano que vem. Acrescentou que a Anatel já desenvolve testes para identificar como as redes privadas poderão ser disponibilizadas. Já há faixas de frequências alocadas, mas a agência estuda uma ampliação disso. Os técnicos do órgão querem com o estudo identificar a demanda concreta de espectro para diferentes aplicações. Assim, quando uma empresa solicitar o direito de explorar determinada quantidade do espectro de radiofrequências a agência poderá ter melhores parâmetros.

Centro sul Baiano: Vinho baiano produzido na Chapada Diamantina ganha prêmio nacional

A tarde

A vinícola baiana Vaz, localizada em Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, ganhou a 9ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB) e a 4ª edição da Grande Prova Sucos de Uva do Brasil. Na categoria de vinhos, o premiado foi o Tinto Malbec, nos rótulos de espumantes os premiados foram o Brut Branco Charmat e o Brut Rosé Charmat, ambos de 2019. A localização estratégica da região, que facilita a distribuição dos produtos; o clima; a qualidade da água; e o potencial frutífero são fatores responsáveis pela qualidade dos produtos do segmento de bebidas na Bahia, de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE).

O proprietário da vinícola, Jairo Pinto Vaz, explicou que os primeiros vinhos foram elaborados em 2018, em uma produção de, aproximadamente, 1,2 mil garrafas de Malbec, Syrah, Sauvignon Blanc e Viognier. Na safra 2019, foram produzidos os espumantes Brut, elaborados pelo método Charmat (Pinot Noir e Chardonnay), Brut Rosé (Malbec, Sauvignon Blanc e Viognier), Moscatel (Muscat Petit Grain) e também os vinhos tintos Malbec e Syrah, em um total de cerca de 10 mil garrafas. “A nossa pequena vinícola é muita nova, os vinhedos têm apenas 4quatro anos e estamos ainda engatinhando no complexo mundo dos vinhos. A premiação do Vinho Tinto Malbec e do Espumante Brut Branco na Grande Prova de Vinhos Brasileiros 2020, classificados com 88 pontos com a medalha Good Wine, traz o incentivo e o reconhecimento de um persistente trabalho, feito com muito carinho, realizando o sonho de se produzir vinhos e espumantes de qualidade na Chapada Diamantina e colocando, definitivamente, esta região como um novo polo vitivinícola brasileiro”, comemorou Vaz.

O setor baiano de Bebidas possui 23 empresas implantadas incentivadas pelo Governo do Estado, que geram 8,8 mil empregos e já investiram mais de R$ 4 bilhões no Estado, segundo a SDE. Além de abrigar grandes cervejarias e fábricas de bebidas não alcoólicas, a Bahia produz uvas viníferas de alta qualidade no meio do semiárido. Devido a pandemia do Coronavírus, o evento de celebração da conquista só será frealizado em abril de 2021, no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde a GPVB levará os vinhos premiados e a vinícola ao encontro do trade e público consumidor, em um evento, com feira de vinhos, chamado “Vinhos do Brasil 2021”.

Economia: BC atualiza regulamento do PIX e inclui QR Code para pagamentos imediatos e futuros

Banco Central do Brasil

O Banco Central aprovou nesta quinta-feira (29) novas funcionalidades para o PIX, novo sistema de pagamentos instantâneos, que entra em operação no próximo dia 3 (em horário reduzido) para uma base restrita de clientes e no próximo 16 (a partir das 9h) para todos os usuários. Perguntas e respostas sobre o PIX

Uma das novas funcionalidades aprovadas é o PIX Cobrança, que, segundo o Banco Central, permitirá a lojistas, prestadores de serviços e outros empreendedores emitir um QR Code — o consumidor escolherá o produto, apontará o celular para o QR Code e a compra estará concluída. Outra funcionalidade é o QR Code com vencimento futuro. Nesse caso, o código funcionará como um boleto. Nessa emissão, o comerciante poderá incluir — além do valor — juros, multas e descontos. A atualização do regulamento do PIX também estabeleceu os critérios pelos quais instituições poderão cobrar de pessoas físicas pelo serviço. Segundo o BC, o envio de pagamentos é gratuito e ilimitado para as todas as pessoas físicas, empresários individuais e MEIs. Mas quem usar o PIX para fins comerciais poderá ser tarifado no recebimento da transação.

O novo regulamento estabelece dois critérios para a classificação como “uso comercial”: recebimento de transferências por QR Code Dinâmico – QR Code criado para uso exclusivo em uma determinada operação; Recebimento de mais de 30 transações com PIX no mês, por conta. Nesse caso, a tarifa pode ser aplicada a partir da 31ª transação. No caso do recebimento de mais de 30 transações por mês, o Banco Central informou que a instituição terá que checar se a conta é usada para fins comerciais ou apenas pessoal. Ainda segundo o Banco Central, caso a conta da pessoa, do empresário individual ou microempreendedor individuaI seja usada apenas para fins comerciais, a instituição poderá definir um critério para configurar a situação de recebimento com finalidade de compra.

A nova versão do regulamento também prevê multa de R$ 50 mil a R$ 1 milhão para as instituições participantes do PIX em caso de infrações.

‘E-Título’: Em caso de ausência, eleitor poderá justificar voto por aplicativo; veja passo a passo

Agência Brasil

Os cidadãos que não puderem votar durante as eleições municipais de 2020 devem contar com o auxílio da tecnologia para justificar a ausência. O aplicativo e-Título, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), permitirá aos usuários que estiverem fora de seus domicílios eleitorais ou impedidos de votar no primeiro e segundo turno, respectivamente nos dias 15 e 29 de novembro, ‘justifiquem o voto’ de maneira online através dos tablets e smartphones. Atualmente, o aplicativo aceita apenas as justificativas realizadas após o período da votação. No entanto, segundo a Justiça Eleitoral, uma versão 2.2 do e-Título, que deve ser lançada antes mesmo do primeiro turno das votações, possibilitará aos cidadãos que justifiquem a ausência nos próprios dias de eleição. Uma vez alegada a impossibilidade de acessar o local de votação, o app acionará a função do sistema de georreferenciamento que avalia a distância entre o eleitor e sua praça eleitoral, barrando ou permitindo o processo de acordo com a resposta obtida.











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia