WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I web play radio fm capacitacao e cia




dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Educação’

Educação: Prefeitura de Manoel Vitorino deixa alunos da zona rural sem transporte na volta às aulas

Foto: MV Notícias / Matéria: Jornalista Van Nascimento.

Alunos da zona rural do município de Manoel Vitorino, ficaram sem transporte escolar após a volta às aulas da rede estadual de ensino. O transporte é feito pela Prefeitura, mas está parado.

As aulas da rede estadual voltaram a ser presenciais dia 18 de outubro. Sem transporte escolar, os alunos da zona rural não estão tendo condições de frequentar as aulas presencialmente.
Assistir as aulas online também não é uma opção para os alunos, tendo em vista que nenhum professor  esteja transmitindo suas aulas via aplicativo.

Em tom de desabafo, um dos alunos do município cobrou o prefeito Silvany Barros e o vice-prefeito Marcelo Vilar nas redes sociais:

“Os alunos da Rede Estadual da Zona Rural merecen respeito! Todos são iguais perante a Lei e no ensino, que é um direito universal, exigimos transporte escolar  e aulas presenciais para os alunos da rede estadual da zona rural”, finaliza o post.

Sem resposta, os alunos continua sendo prejudicados pelo descaso por parte da prefeitura. Nossa reportagem tentou contato com a secretaria de educação, via telefone mais não fomos atendidos.

Educação: Ano letivo da rede estadual migrará para aulas 100% presenciais no dia 18 de outubro

*Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado | Panorama Geral

A partir do dia 18 de outubro, as escolas da rede estadual de ensino da Bahia passarão para a terceira fase do ano letivo continuum 2020/21, com as aulas 100% presenciais. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta sexta-feira (8), durante agenda no município de Floresta Azul, no sul baiano. “As escolas estão no modelo híbrido, mas na segunda-feira, dia 18, voltaremos com as aulas 100% presenciais. Até lá, temos mais uma semana para finalizar a preparação e organização para esse retorno”, explicou Rui.

O ano letivo continuum 2020/21 na rede estadual de ensino começou no dia 15 de março e migrou para o híbrido, com aulas semipresenciais, no dia 26 de julho para o Ensino Médio e no dia 9 de agosto para o Ensino Fundamental. Como preparação para as aulas semipresenciais, as escolas da rede estadual passaram por adequações dos protocolos de biossegurança, com investimentos da ordem de R$ 305 milhões, disponibilizados para reforma, manutenção e adequações. O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou que novos recursos foram destinados para as escolas, no mês de agosto, visando as aulas 100% presenciais. “Foram destinados R$ 250 milhões, do Tesouro Estadual, para as escolas pelo Programa Retorno Escolar Seguro [PRES]. Os recursos transferidos à conta da Caixa Escolar visam a cobertura de despesas de custeio e capital até o final do ano letivo, voltados à manutenção física e pedagógica das unidades escolares, conforme o protocolo de biossegurança”, afirmou.

A Secretaria da Educação do Estado também investiu R$ 6,1 milhões na aquisição de fardamento escolar e distribuiu 2 milhões de máscaras, via doação da Secretaria do Planejamento (Seplan), para a distribuição nas escolas.

De acordo com a secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, dentre os parâmetros essenciais para o retorno das atividades letivas no modelo presencial, analisa-se o avanço da vacinação e as taxas de mortalidade, incidência e ocupação de leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19. “Neste cenário, a Bahia já vacinou mais de 10 milhões de pessoas com a primeira dose ou dose única, perfazendo mais de 80% da população com 12 anos ou mais, que está estimada em 12,7 milhões. Também temos a segunda menor taxa de mortalidade do Brasil e a sexta menor incidência, com taxas de ocupação de leitos de UTI abaixo de 30% de modo sustentado”, avaliou Paim.

Nova rotina

Toda a comunidade escolar também se adaptou à nova rotina de atividades letivas, que ocorrem de segunda a sábado. Ao entrar na escola, com uso obrigatório de máscaras, os estudantes têm suas temperaturas aferidas por um funcionário da unidade. Eles também são direcionados para fazer a higienização das mãos, em pias disponíveis nos colégios, ou por meio dos dispensers de álcool em gel 70%, instalados em locais estratégicos e de fácil acesso.

O ano letivo continuum 2020/21 na rede estadual de ensino segue até o dia 28 de dezembro.

Educação: Escola no Rio envia carta aos pais com alerta sobre a série Round 6

*93 FM | Panorama Geral

A direção da Escola Aladdin, no Pechincha, Zona Oeste do Rio de Janeiro, enviou aos pais e responsáveis uma carta sobre preocupações a respeito da série sul-coreana Round 6, da Netflix. O conteúdo viralizou em grupos de WhatsApp na última quarta-feira (6).

No documento, os profissionais demonstram preocupação com o fato de alunos do Ensino Fundamental assistirem à produção, alguns inclusive com os pais. A carta cita que a série, com nove episódios, contém “violência explícita, tortura psicológica, suicídio, tráfico de órgãos, cenas de sexo, pederastia e palavras de baixo calão”. A direção do colégio particular soube da série por meio de crianças de 7 e 8 anos, que têm comentado sobre o assunto nos horários livres e feito brincadeiras que, na série, relacionam-se com o assassinato de personagens.

Sucesso mundial e série mais vista da Netflix, “Round 6” apresenta a história de pessoas que se envolvem num jogo mortal em busca de uma fortuna calculada em US$ 39 bilhões. Ao longo de nove episódios, os personagens se enfrentam em batalhas sangrentas que reproduzem brincadeiras infantis, como “cabo de guerra” e disputas com bolinhas de gude.

O questionamento da escola sobre a série mobilizou especialistas em saúde, como a presidente da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro, Katia Telles Nogueira que afirma que é necessário uma espécie de controle por parte dos pais. Ela adverte que a alusão a brincadeiras, na ficção, provoca uma sedução entre o público infantil. E isso pode causar danos psicológicos. Para a pediatra, o material não deveria ser visto por crianças na faixa dos 7 e 8 anos, pela inadequação do conteúdo, que tem classificação indicativa de 16 anos.

Educação: Governo da Bahia anuncia modernização de escola na cidade de Caetité

Foto: Camila Souza/GOVBA | Panorama Geral

Os municípios de Caetité, Jaguaquara, Santo Estevão, Ribeira do Pombal e Salvador receberão do governo do Estado R$ 24.141.108,15 para a modernização de suas unidades escolares. O resumo do contrato foi divulgado na quarta-feira (1°), no Diário Oficial do Estado.  As obras, que serão executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), fazem parte da requalificação que o governo estadual realiza nas escolas e envolve investimentos da ordem de R$ 1 bilhão. De acordo com o governo, as escolas passam por reformas e modernização e novas unidades, como os Complexos Poliesportivos Educacionais, estão sendo construídas em alto padrão de engenharia, ofertando aos estudantes e comunidade local quadra poliesportiva coberta, campo society, auditório, refeitório, biblioteca e laboratórios, entre outros equipamentos para fortalecer a aprendizagem.

Os Complexos Poliesportivos Educacionais são compostos por uma série de equipamentos como quadras poliesportivas cobertas, academia de ginástica, quadra de vôlei de areia, pista de atletismo e piscina. Os complexos são vinculados à oferta da Educação em Tempo Integral, fortalecendo a prática esportiva no currículo escolar, como também o desenvolvimento de atividades artísticas, culturais, de lazer e de entretenimento. Além da rede estadual, os complexos atenderão aos estudantes das redes municipais e particular, bem com a comunidade local.

Prefeitura de Boa Nova começa a construção da nova escola do povoado Lagoão

ASCOM/PMBN

A prefeitura do município de Boa Nova,  deu início nesta última segunda-feira  (23)  as obras da nova Escola Maria Elza, no povoado do Lagoão. A comunidade do Lagoão cresceu e hoje conta com uma escola de apenas uma sala.
Vendo a necessidade e um espaço melhor, A Prefeitura de Boa Nova e a Secretaria Municipal de Educação, já deu início a construção da Nova Escola no Povoado. Será um espaço amplo e adequado para dar mais qualidade a educação. Lembro que este é um sonho antigo dos moradores, que nos próximos dias se tornará realidade!
Veja o vídeo institucional. 

Governo define que aulas semipresenciais do ensino fundamental começarão na segunda(09) – Na Bahia

*Reprodução / BLOG PANORAMA GERAL

A Secretaria de Educação da Bahia definiu que aulas semipresenciais do ensino fundamental serão retomadas na próxima segunda-feira (9), em sistema híbrido. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira (6).

 

Assim como está ocorrendo com as aulas do ensino médio, as turmas serão divididas em 50%. Metade dos alunos irá frequentar as instituições na segunda, quarta e sexta, e a outra metade na terça, quinta e sábado.

 

Nos demais dias, os estudantes participam das aulas e atividades remotas. A divisão da turma se dará pelo nome do aluno (em ordem alfabética), e as escolas já estão em contato com os estudantes e as famílias para os ajustes necessários.

 

Segundo a Secretaria de Educação, as unidades escolares que ofertam o ensino fundamental de forma compartilhada ou exclusiva em toda a Bahia já estão preparadas com todos os protocolos sanitários recomendados, como termômetros para a aferição da temperatura, disponibilização de pias e álcool 70% para higienização das mãos e distanciamento entre as carteiras, dentre outras medidas de biossegurança.

 

Além disso, os estudantes receberão kits contendo máscaras de proteção e uma nova camisa da farda. A alimentação também já está sendo reforçada com a oferta de duas refeições por turno letivo. G1.

Pesquisa aponta que 132 cidades baianas desejam voltar às aulas presenciais só em 2022

Foto / Colégio Isaías Alves em Poções

Uma pesquisa revela que 132 municípios baianos pretendem voltar às aulas presenciais só ano que vem. O número foi apurado em levantamento da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) Seccional Bahia. Segundo a organização, a pesquisa alcançou 415 dos 417 municípios do estado. Quando foram questionados em qual mês poderiam retomar as aulas nas escolas, 283 municípios responderam que devem voltar ainda em 2020. No entanto, apenas dez desejam voltar às aulas ainda em julho, e 58 em agosto. O restante sinalizou o retorno em setembro, 87 em outubro, 14 em novembro e 4 em dezembro.

Ainda conforme o apurado, apenas 58 municípios informaram que já aplicaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em profissionais da educação. Em relação à primeira dose, 208 informaram que já concluíram a primeira imunização contra o novo coronavírus. Em decreto, o governador Rui Costa determinou a volta às aulas presenciais no estado nesta segunda-feira (26). O município de Poções também aderiu o retorno às aulas.

Colégio Estadual Isaías Alves voltou às aulas nesta segunda-feira (26) no município de Poções

Fotos extraídas do perfil oficial da Escola no Facebook / Matéria Blog Panorama Geral

Começaram nesta segunda-feira (26) as aulas semipresenciais para os estudantes do Ensino Médio da rede estadual de ensino da Bahia. Seguindo todos os protocolos, todas as unidades escolares foram preparadas para receber os estudantes e servidores com segurança e cuidado com a vida. “Seguindo todos os protocolos, preparamos nossas unidades escolares para receber os estudantes e servidores com segurança e cuidado com a vida”, diz o secretário de educação da Bahia.

Fotos extraídas do perfil oficial da Escola no Facebook / Matéria Blog Panorama Geral

No município de Poções, o Colégio Isaías Alves abriu seus portões para receber os alunos na manhã desta segunda-feira que compareceram para o primeiro dia de aulas semipresencial. A escola segue todas as recomendações e protocolos estipulados pelo governo do estado em prevenção a covid-19.  Uso de máscaras, distanciamento social e uso de álcool em gel se tornou obrigatório na volta dos alunos a salas de aula. Poções tiveram uma queda significativa em números de casos ativos, com registro de dois novos casos nas últimas 24 horas, totalizando até o fechamento desta matéria 10 casos ativos conforme informa o boletim epidemiológico deste último domingo (25).

Fotos extraídas do perfil oficial da Escola no Facebook / Matéria Blog Panorama Geral

Conforme estipulado pela Secretaria Estadual de Educação da Bahia, o primeiro bloco foi formado por alunos com nomes iniciados entre as letras ‘A’ e ‘I’, e o segundo, de ‘J’ a ‘Z’. Cada escola poderá ajustar a escala de acordo com a realidade das classes. As unidades deverão programar as aulas de modo que, enquanto metade dos alunos participe das atividades presenciais, a outra parte desenvolva trabalhos remotos, mantendo a mesma carga horária e em dias alternados para cada turma.

Fotos extraídas do perfil oficial da Escola no Facebook / Matéria Blog Panorama Geral

Sobre a alternância, a SEC definiu que será feita entre os dias da semana e entre as semanas. Por exemplo: na semana 1, metade da turma terá aula na escola segunda, quarta e sexta-feira, enquanto a outra metade terá na terça, quinta e sábado. Na semana 2, a ordem se inverte.

Govenador da Bahia destina R$ 90 milhões para o transporte escolar nos municípios

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

O Governo do Estado destinará R$ 90 milhões para os municípios baianos, com o objetivo de assegurar o transporte escolar dos estudantes das redes estadual e municipais, que moram nas zonas rurais e precisam se deslocar até as escolas. Os recursos são oriundos do tesouro estadual, por meio do Programa Estadual de Transporte Escolar (PETE).

O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar do Estado, Manoel Vicente Calazans, explicou que o PETE descentraliza três créditos aos municípios durante o ano, mas que diante do contexto das aulas semipresenciais na rede estadual de ensino, os recursos serão repassados em duas parcelas, sendo que a primeira parcela, de R$ 45 milhões, será creditada nos próximos dias. “O objetivo é garantir o transporte dos estudantes da rede estadual, mesmo naqueles municípios que ainda não decidiram por volta as aulas semipresenciais. É importante destacar que estamos dialogando com todos as prefeituras para resolver qualquer pendência de documentação, para viabilizar o crédito da primeira parcela na conta das prefeituras até o dia 30 de julho. A outra parcela será creditada em até três meses depois”, afirmou.

Ônibus escolar

Além dos recursos do PETE, o governo do Estado também está promovendo a renovação da frota de ônibus escolares, os chamados amarelinhos. Até esta sexta-feira (23), 144 ônibus escolares foram entregues a municípios baianos, com investimentos em torno de R$ 33 milhões, fruto de emendas parlamentares de deputados estaduais, federais e senadores. Só nesta sexta-feira (23), o governador Rui Costa e o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, entregaram 14 ônibus escolares, durante agenda no município de Itaberaba. Outros 52 ônibus foram entregues ontem, em Salvador e Santa Cruz Cabrália.

Os ônibus são do modelo ORE 1 (Ônibus Rural Escolar), com capacidade para 29 lugares, e possuem Dispositivo de Poltrona Móvel (DPM) para embarque e desembarque de estudante com deficiência ou com mobilidade reduzida.

Município de Boa Nova recomenda a não volta as aulas nesta segunda (26) devido alto número de casos ativos de COVID-19

*Foto /Prefeitura de Boa Nova // Blog Panorama Geral

A Prefeitura de Boa Nova, através da Secretária de Saúde e equipe técnica participou de uma reunião com a direção do Colégio Estadual Boanovense, com a participação da Secretaria de Educação e a presidente da APLB sindicato, com o objetivo de expor a situação epidemiológica do município.

O governador do estado da Bahia, Rui Costa (PT), determinou a volta as aulas semipresencial nesta segunda-feira (26), porém, muitos municípios está em alta em casos ativos da COVID-19.  Na reunião foi discutido  que no momento não há condições de retorno as aulas presenciais no município, tendo em vista o aumento de casos registrados nos últimos dias, a não vacinação dos profissionais de Educação com a segunda dose e outros fatores epidemiológicos regional.

A Secretária de Saúde informou ainda que está recomendando através de documento que será enviado ao núcleo regional de Educação e ao núcleo regional de Saúde, informando da recomendação do município.

 

De acordo o boletim epidemiológico desde último domingo (25), trás o registro de 33 casos ativos e 32 pessoas em quarentena, tanto na sede como no distrito e povoados.









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia