WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I web play radio fm capacitacao e cia




outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Poções’

Poções: Vereador Diogo Chulu emite nota esclarecendo resposta do TCM com relação aos alugueis dos galpões

*Assessoria / Vereador Diogo Chulu

Sobre a provocação do município ao TCM-BA

O TCM promoveu parecer jurídico acerca dos questionamentos realizados pelo Município de Poções. Nesse parecer, a Ilustre Assessora Jurídica esclarece ser um parecer sobre “matéria em tese” e não sobre um fato concreto. Ou seja, é uma opinião e esclarecimento acerca de uma situação teórica, uma vez que atividade regular do TCM, segundo seu Regimento Interno é sobre casos concretos, como análise e julgamento de contas.

Estando claro que essa não é uma atividade típica do TCM-BA, a Assessora Jurídica nas oito páginas iniciais promove uma aula de Direito Constitucional, esclarecendo sobre a atuação do Estado de maneira direta e indireta (exemplificando também); sobre as licitações, que devem ocorrer para definir um aluguel de espaço particular; sobre o fomento ao interesse coletivo e público; Fica a interpretação que, aparentemente, o município não pontuou todos os pontos de maneira clara, tampouco muniu o TCM de toda documentação necessária ao claro entendimento do fato ali narrado.

Como ocorre ao falar de licitação, o município não esclarece que já fora realizado para tanto, na gestão anterior, licitação do tipo chamamento público, ao qual resultou na vitória dos galpões atualmente utilizados. Nesse compasso, resta claro que as respostas não são conclusivas a elucidar as duvidas levadas ao TCM pelo Município, assim persistindo o que ocorreu na reunião dos Vereadores Larissa, Diogo e Eduardo com o Ministério Público.

Que é importante se munir de todas informações possíveis. Mas superado essa etapa, cada um deve agir na sua regular função, o município promover o Decreto com critérios respeitando os princípios constitucionais, tais como: legalidade, publicidade, moralidade, impessoalidade e eficiência de executar os pagamentos, e ao plenário de julgar as contas sobre o ponto em questão, quando for o momento.

Como já fora realizado documento, inclusive entregue ao TCM-BA, assinados por todos vereadores, se comprometendo a aprovação deste tópico nas contas da Prefeita, assim autorizando e não restando dúvidas do apoio e possibilidade jurídica. O que resta a saber é a interpretação que será dada pelo Poder Executivo de Poções e daí se será pago ou não auxílio de aluguel.

Poções: Vereador Joilsom da Eletrônica cobra do poder executivo uma resposta à suas indicações voltada para o bairro Lagoa Grande

Reportagem / Jornalista Van Nascimento

Na noite desta última segunda-feira, 25 de outubro, aconteceram mais uma Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Poções, onde foram apresentados varias proposituras pelos parlamentares presentes, onde ouve votação e aprovação pelos nobres Edil.

Dentre as propostas da noite, o vereador Joilsom Guimarães [Joilsom da Eletrônica] em seu uso no pequeno expediente, cobrou agilidade do poder executivo em responder suas indicações apresentadas em outras sessões mais que até o momento não obteve respostas, dentre elas, o saneamento básico da Rua Felix Gaspar e mais outras 15 Ruas que precisam de pavimentação, rede de esgoto, iluminação pública, dentre outras melhorias para o bairro Lagoa Grande.

O vereador salientou ainda que, a mais de 15 anos que ele é residente no referido bairro e pouco têm sido os investimentos para a comunidade local. “Entra gestor e sai gestor e nosso bairro continua no mesmo, sem melhorias, sem projetos dos gestores para promover uma qualidade de vida melhor para os moradores”, disse Joilson da Eletrônica. Que na oportunidade, cobrou do Sr. Secretário de Agricultura a lista das regiões beneficiadas pelas aguadas, porque de acordo com relatos de moradores da zona rural, o secretário tem beneficiado apenas regiões e famílias que “são apoiadores da gestão atual”. Ele [vereador] ainda faz uso da palavra dizendo que já solicitou as informações ao secretário mais que até o momento essas informações não chegaram ao seu gabinete.

O vereador Joisom da Eletrônica fecha sua fala fazendo cobranças de patrolamento e roçagem das estradas vicinais e ramais da zona rural do município. Que agora tornou mais difícil devido o período de chuvas, se não houvesse morosidade por parte do poder público municipal essas referidas obras já teria sido realizadas antes deste período chuvoso.

Poções: Cantora evangélica Poçoense lança clipe em São Paulo e já está fazendo sucesso

Foto: Reprodução / Reportagem: Jornalista Van Nascimento

Cantora evangélica poçoense lança clipe em São Paulo e já está fazendo grande sucesso no cenário gospel nacional. Thamires Rocha tem 16 anos de idade, filha do Pastor Agenor Caetano e a Missionária Maria Libarino, congrega na Igreja Assembléia de Deus Ministério de Poções, onde o pai é pastor.

Em contato com o jornalista Van Nascimento na noite desta segunda-feira, 25 de outubro, a cantora Thamires disse que foi vocacionada para o ministério de louvor desde nova. Confira o relato dela;

Eu canto desde os meus 4 anos de idade, mas meu ministério começou aos meus 7 anos. Onde Deus começou a me ensinar andar nos caminhos dele e me presenteou com o dom de adorá-lo. Sou da cidade de Poções, onde nasci e me criei. Aqui foi tudo onde tudo começou, sou muito grata a Deus por estar vivendo esse momento incrível da minha vida, e agradeço aos meus pais que me ensinaram tudo o que sei, agradeço por me apresentar e me mostrar o caminho certo a se andar.  Deus e a minha família são à base de tudo, se estou aqui hoje é por causa deles. Serei eternamente grata por tudo que a mim foi feito e está sendo feito.

Relatou Thamires que recebeu a oportunidade de gravar musica (cover) e clipe em uma das maiores gravadoras do cenário gospel nacional, a produtora Anastácia Produções.  Thamires congrega na Igreja Assembléia de Deus Ministério Poções, localizado na Avenida João Gonçalves da Costa nº  1034 bairro  Primavera – Poções/BA.

Confira o clipe, se escreva no canal, ative o sininho e deixe seu like.

Poções: Secretaria de Saúde promove encontro para prestação contas dos recursos da COVID-19

Fonte: Prefeitura de Poções / Reprodução: Panorama Geral

A Secretaria Municipal de Saúde de Poções promoveu uma reunião para prestação de contas dos recursos da Covid-19 aplicados desde o início da pandemia e apresentação da situação atual dos casos no município e o avanço da vacinação da população.
Na ocasião, estiveram presentes representantes dos poderes executivo e legislativo e das polícias Militar e Civil.
As pautas da reunião foram discorridas pelo secretário municipal de saúde, Celso Schettini, pelo coordenador geral da saúde, Flávio D’Antonio, pelo coordenador da Vigilância Epidemiológica, Weslley Freitas, e pela coordenadora do Centro de Covid, Karla Brito, e pela assessora jurídica da Secretaria de Saúde, Samantha Freitas.

Urgente: Justiça determina afastamento de chefe de gabinete de Poções, Otto Magalhães, a pedido do MP

Fonte: Cecom/MP – Telefones: (71) 3103-0446 / 0449 / 0448 / 0499 / 6502

A pedido do Ministério Público estadual, a Justiça determinou o afastamento cautelar do chefe de gabinete do Município de Poções, que está sendo investigado por ter efetuado despesas não autorizadas por lei e em desacordo com as normas financeiras. Segundo o promotor de Justiça Ruano Fernando da Silva Leite, autor da ação, no exercício do mandado de prefeito municipal, entre os anos de 2013 e 2016, ele teria ordenado e efetuado pelo menos 196 vezes despesas não autorizadas por lei. 

As investigações do MP se iniciaram a partir de representação do Município de Poções, revelando que o acionado teria criado um evento na folha de pagamento dos servidores públicos municipais denominado ‘adicional informado’. Segundo consta na ação civil pública, independentemente de exercerem cargos efetivos ou temporários, esse ‘adicional informado’ era distribuído sem critérios e somente a servidores devidamente escolhidos por ele, em quantias variadas, gerando um prejuízo ao erário no valor aproximado de R$2,9 milhões. 

A Justiça também decretou a indisponibilidade de bens do acionado no valor de R$ 2,9 milhões. Além disso, o acionado não poderá ocupar qualquer outra função ou cargo público no Município, até o trânsito em julgado da ação.

 

Confira link do MP;

https://www.mpba.mp.br/noticia/59509

 

 

Poções: Identificado o homem que veio a óbito na BR 116 na noite deste domingo (24)

*Jornalista Van Nascimento Blog Panorama Geral

Na noite deste domingo, 24 de outubro, um acidente foi registrado na BR 116 na região conhecida como “posto Tota” nas proximidades da cidade de Poções, como já noticiado por nossa reportagem.

Trata-se do Sr de nome Gildasio de aproximadamente 50 anos, conhecido por todos pelo apelido de “Page”, residente na cidade de Poções. No ensejo, nossa reportagem expressa o mais profundo e sinceros sentimentos de pesar aos amigos e familiares enlutados.

Morte / Acidente com vítima fatal foi registrado na BR-116 próximo a cidade de Poções

Fonte: Plantão Planalto.*Jornalista Van Nascimento.

Um motociclista morreu na noite deste domingo (24) após se envolver num gravíssimo acidente na BR-116, próximo ao antigo posto Tota, município de Poções.

De acordo com informações, o motociclista que até o momento não foi identificado, colidiu sua moto frontalmente com uma carreta. Ele não resistiu e veio a óbito no local.

A moto ficou completamente destruída com o impacto do acidente. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para atender a ocorrência. Paramédicos da Via Bahia também foram acionadas para o local. O corpo foi removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para o Instituto Médico Legal (IML) em Vitória da Conquista.

Esporte: Super Copa de Futebol Sub-21 já tem data marcada na região do Mulungu I município de Poções

*Jornalista Van Nascimento / Blog Panorama Geral

A Super Copa de Futebol Sub-21 já tem data marcada, de acordo com o organizador Kleber Gonçalves. Em contato com nossa reportagem, Kleber disse que a supercopa terá início no 02 de janeiro de 2022 na região do Mulungu, zona rural do município de Poções. O campeonato que já está em sua 5ª edição, contará com jogadores de vários municípios do Sudoeste Baiano e será despontado nos municípios de Poções e Planalto, com a presença de 8 times, serão 8 domingos de mais puro eletrizante disputas entre os times.

Devido o período de pandemia, a super copa não aconteceu no ano de 2020, essa edição será marcado pelos anos 2021/2022. O cartaz com nomes dos times, regiões representadas e apoiadores será divulgado em breve pela organização que está otimista com a presença do público nesta edição.  O campeonato já conta com apoio divulgação do Jornalista Van Nascimento e o Blog Panorama Geral.

Poções: Prefeitura comemora Dia do Agente Comunitário de Saúde (ACS)

Fonte: PMP / Reprodução Blog Panorama Geral

A Prefeitura de Poções, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou, na manhã de ontem (20/10), um evento em comemoração ao Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde (ACS). O momento de confraternização e reconhecimento pelo trabalho desses profissionais aconteceu no salão Filarmônica 26 de Junho.

No encontro, idealizado pela Atenção Básica do município, teve café da manhã, atividades com dinâmica, ginástica laboral e zumba – com Dany Chaves e Verônica Chaves. Os agentes receberam, ainda, uma singela lembrancinha.

Na ocasião, esteve presente a prefeita Nilda Magalhães, os secretários municipais Celso Schettini (da Saúde) e Jaimilson Moreira (da Agricultura), bem como demais representantes da atual gestão.

A prefeita agradeceu o compromisso com que os agentes vêm realizando suas ações e ressaltou que esses profissionais da saúde estão diariamente buscando manter a qualidade da saúde dos poçoenses.

Poções: MP denuncia ex-prefeito do município por crime de responsabilidade

Fonte: Cecom/MP – Telefones: (71) 3103-0446 / 0449 / 0448 / 0499 / 6502. Reprodução: Panorama Geral

O Ministério Público estadual denunciou nessa quinta-feira (21) o ex-prefeito do Município de Poções em razão dele ter ordenado e efetuado despesas não autorizadas por lei e em desacordo com as normas financeiras pertinentes, o que caracterizou crime de responsabilidade. Segundo o promotor de Justiça Ruano Fernando da Silva Leite, autor da denúncia, no exercício do mandado de prefeito municipal, entre os anos de 2013 e 2016, ele teria ordenado e efetuado pelo menos 196 vezes despesas não autorizadas por lei. Em razão das condições pessoais do agente e da gravidade do crime, o MP requer ainda que a Justiça determine as medidas cautelares de proibição de acesso do ex prefeito às dependências da prefeitura, de manter contato com os agentes públicos do Município de Poções, além da suspensão do exercício da função pública.

O MP também ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa com pedido de indisponibilidade dos bens e afastamento cautelar do acionado do cargo de atual chefe de gabinete da prefeitura de Poções. Segundo o promotor de Justiça Ruano da Silva Leite, por diversas vezes, o então prefeito municipal, “sem qualquer critério objetivo, concedeu auxílios e alienou rendas municipais, sem autorização da Câmara de Vereadores e em desacordo com as leis federais e municipais, ao determinar o pagamento mensal a centenas de servidores, de vantagem pecuniária não prevista em lei, denominada de adicional informado”, destacou. Na ação, o MP requer que a Justiça decrete a indisponibilidade de bens do acionado, pelo menos do valor aproximado de R$2,9 milhões, para ressarcimento integral do dano ao erário.

As investigações do MP se iniciaram a partir de representação do Município de Poções, revelando que o acionado teria criado um evento na folha de pagamento dos servidores  públicos municipais denominado ‘adicional informado’. Segundo consta na ação, independentemente de exercerem cargos efetivos ou temporários, esse ‘adicional informado’ era distribuído sem critérios e somente a servidores devidamente escolhidos por ele, em quantias variadas, gerando um prejuízo ao erário no valor aproximado de R$2,9 milhões. Ruano da Silva Leite destacou que, embora em 2016 existissem apenas 42 servidores efetivos ocupando cargos em comissão, foram contempladas aproximadamente 196 pessoas com o adicional.









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia