WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I














janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: 11/jan/2019 . 18:58

Cultura: Confira como foi o Encontro de Ternos de Reis 2019

Evento: Bruninha Ribeiro fará show em Planalto neste sábado (12)

Foto: Divulgação [Panorama Geral]

Com repertório inovador, a cantora Bruninha Ribeiro vem revolucionando o cenário musical do Sudoeste Baiano. O projeto “Butecando com Bruninha” tem ultrapassado as fronteiras do município de Poções e levado sucesso para outros municípios do interior da Bahia. Desta vez, a cidade de Planalto vai receber um dos melhores evento já realizado no município, o show de Bruninha Ribeiro.

Com seu jeito próprio, a cantora trás na bagagem estilo que varia entre arrocha, passando pela sofrência, sertanejo universitário, encerrando com MPB, assim tem sido a trajetória de Bruninha Ribeiro. A cantora promete proporcionar uma noite de paixão e diversão para o moradores de Planalto e região.

O show será no espaço Esfiha Chic, localizado na Praça Duque de Caxias em Planalto a partir das 21h. Venha presenciar de perto esse sucesso!

Boa Nova: Prefeitura realiza festa do Distrito Valentim neste próximo domingo (13)

Fonte: ASCOM/PMBN

Absurdo: Mãe é presa após afogar seu bebê em represa porque estaria com HIV

Fonte: Meceara.com/Reprodução Panorama Geral

Uma vendedora de 25 anos foi presa em Itaquiraí, após confessar ter afogado o próprio filho em uma represa do município. A mulher foi localizada após três semanas de investigações e disse que cometeu o crime em um “momento de bobeira”.

“Ela foi intimada e, na delegacia, confessou o ocorrido, ressaltando que não fez pré-natal, é portadora de HIV e então provavelmente a criança nasceria com a doença. Sobre o pai, não foi revelado por ela quem seria esta pessoa”, afirmou ao G1 o delegado Edson Ruiz Ubeda, responsável pelo inquérito policial.

De acordo com a polícia, a jovem escondeu a gravidez da família e fez o parto sozinha, dentro do banheiro de casa, no dia 15 de dezembro. Dois dias depois, o pai dela encontrou o recém-nascido na represa, que fica na propriedade dele. O homem não sabia do que se tratava, e chamou um vizinho. Em seguida, a Polícia Militar (PM) foi até o local.

As investigações apontaram que, na última gestação, a mulher também escondeu a gravidez até o nascimento da criança. Ela foi intimada há 2 dias e compareceu, nessa quarta-feira (9), para o depoimento. A mulher então contou que a criança nasceu por volta de 8h (de MS) e ela não chegou a procurar nenhuma ajuda médica pós-parto, cortando sozinha o cordão umbilical e enrolando a criança em um cobertor.

Segundo a polícia, a mulher tem outros 2 filhos, um deles é portador de HIV. Na ocasião do crime, o filho mais velho foi levado até a casa dos pais dela, e o filho mais novo acompanhou-a até a propriedade rural, onde ela retirou o cobertor do bebê e jogou-o no açude.

Consultada pela polícia se a criança estava viva, a mãe disse que a criança nasceu chorando, mas no momento em que ela jogou o bebê na água, não estava. Por esse motivo, a mulher imaginou que a criança estava morta.

De acordo com o delegado, a jovem confessou também que escondeu a gravidez dos filhos e afirmou que ninguém sabia que ela era portadora de HIV. Em depoimento, afirmou que arrependeu-se do que fez.

Sem antecedentes criminais, a mulher não permaneceu presa e deve ser indiciada pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, ocultação de cadáver e a pena pode aumentar por a vítima ser uma criança menor de 14 anos.

Minha Casa Minha Vida: Novas regras para 2019 são divulgadas, veja detalhes

Fonte: Recôncavo News/Reprodução Panorama Geral

No apagar das luzes do governo Michel Temer, foi feita uma alteração nos descontos dados no programa “Minha casa, minha vida”.
Novos requisitos do Minha Casa Minha Vida
Agora, para garantir o subsídio máximo, de R$ 47.500, na compra da casa própria, a renda familiar mensal tem que ser de até R$ 1.200, e não mais de R$ 1.600.
Para famílias que recebem R$ 1.600 mensais, o subsídio governamental sobre o valor do imóvel cai para, no máximo, R$ 29 mil. Os dois casos se enquadram na faixa 1,5 do “Minha casa, minha vida”.
 
Faixas de renda do “Minha casa, minha vida”
Faixa 1: renda mensal familiar de até R$ 1.800 (financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80 a R$ 270, conforme a renda bruta familiar).
Faixa 1,5: renda mensal familiar de R$ 1.800 até R$ 2.600 (a família conseguirá financiar um imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para quitar o financiamento).
Faixa 2: renda mensal familiar de R$ 2.600 até R$ 4 mil (nesta faixa o interessado também tem até 30 anos para pagar, com taxa de juros de 5,5% a 7% ao ano, dependendo da renda, da localização do imóvel e se houve contribuição ao FGTS).
Faixa 3: renda mensal familiar de até R$ 7 mil (nesta faixa o interessado também tem até 30 anos para pagar, comprando imóvel novo ou na planta, com taxas de juros de 8,16% a 9,16% ao ano, dependendo da renda, da localização do imóvel e se houve contribuição ao FGTS).

Planalto: PM recupera moto com chassis adulterado

Fonte: 79ª CIPM

No final da tarde desta ultima, quinta-feira (10), Policiais Militares recuperaram uma motocicleta com chassis adulterado em Planalto. Ao realizar rondas com abordagens, a guarnição encontrou no centro da cidade uma motocicleta, Honda Cg 150c, cor preta, sem placa, estacionada em frente a uma residência. A guarnição realizou buscas no local, porém não houve informações do suposto condutor. O veículo foi conduzido para a sede do Pelotão onde foi apresentado a delegacia para as providências cabíveis.

Jequié: Cerca de 700 kg de carne irregular é apreendida na BR-116

Fonte: Aratu online

Na ultima quarta-feira (9) o motorista de uma caminhonete foi flagrado com cerca de 700 kg de carne armazenada sem refrigeração.

A apreensão ocorreu em frente à unidade operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Km-677 da BR 116, em Jequié.

Além do transporte indevido da carne, a caminhonete foi retida no pátio da PRF, pois possuía mais de R$ 10 mil em infrações de trânsito e estava com licenciamento atrasado.

Segundo a PRF, no veículo havia diversas caixas de papelão contendo os mais variados tipos de carnes e derivados, sem qualquer refrigeração e condição de consumo.

O motorista relatou que foi ao município de Vitória da Conquista, para buscar a carne, que seria revendida em Jaguaquara, a cerca de 54 km de Jequié.

A PRF informou que o motorista foi encaminhado para delegacia de Jequié, pela prática de crime contra as relações de consumo, que é inafiançável.











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia