WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I












fevereiro 2021
D S T Q Q S S
« jan    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

:: ‘Poções’

Poções: Dona Nilda, prefeita eleita define seu secretariado que irão atuar a partir do dia 01 de Janeiro 2021

*Blog Poções 24 Horas *Reprodução / Panorama Geral

A primeira mulher eleita prefeita em Poções, Dona Nilda Magalhães (PC do B), que venceu a eleição de 2020 com mais de 12 mil votos (47,29%), já tem os nomes do novo secretariado para comandar a prefeitura a partir de 1º de janeiro. A lista com os nomes dos escolhidos foi divulgada ontem (26). Veja:

1 – Secretária assistente social: Orleide Pacheco;
2 – Secretário de saúde: Jorge Luis Santos Lemos;
3 – Secretária de educação: Dirani Cunha Porto Fagundes;
4 – Secretário de agricultora e meio ambiente: Jaimilson Francisco Moreira;
5 – Secretário de administração: Jailton Lopes Gangussu Júnior;
6 – Secretário de finanças: Bruno Barreto Sangiovanni;
7 – Secretário de infraestrutura: Celso Lima Schittini.

A informação também foi confirmada ao Jornal Primeira Página da Rádio Povo FM na manhã desta sexta-feira (27).

Bahia: Aberta chamada para o recadastramento dos trabalhadores da cultura

Cacau Novais

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia informa a reabertura das inscrições para o Cadastro Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Cultura, entre os dias 23 de novembro e 02 de dezembro de 2020. Este é o terceiro e último período aberto está voltado para os trabalhadores em situação de recadastro por erros de preenchimento ou nos dados autodeclaratórios. Conforme regulamentação estadual da Lei Aldir Blanc (Decreto Estadual 20.005), a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia poderia abrir novo prazo para inscrições em caso de disponibilidade de recursos e de prazo para execução orçamentária.

Os trabalhadores que realizaram a inscrição anteriormente e receberam a resposta de que foram considerados não aptos para a renda emergencial, devido a erros cometidos na submissão de suas autodeclarações, podem fazer outro cadastro durante este novo prazo. É também mais uma oportunidade para os trabalhadores da cultura que não participaram do cadastramento nos períodos anteriores. O acesso à plataforma, criada e gerenciada em parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) é disponível no site da SecultBA. ACESSE AQUI. O preenchimento do formulário deve ser realizado e revisado pelo trabalhador com atenção antes do envio à plataforma.

Os recursos oriundos da Lei Aldir Blanc são direcionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, o valor da renda emergencial é de R$ 600 com o pagamento de cinco parcelas de uma vez. Dúvidas sobre o preenchimento do cadastro podem ser encaminhadas ao e-mail: [email protected]ba.gov.br.


Programa Aldir Blanc Bahia –
 Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.

Publicidade: Instituto Capacitação & Cia oferece diversos cursos em Poções; Confira

Instituto Capacitação e Cia

Instituto Capacitação e Cia

Instituto Capacitação e Cia

Poções: Com 47,27% dos votos, Dona Nilda é a primeira mulher eleita prefeita do município o

Reprodução

Nilda Magalhães (Dona Nilda do PC do B) e o professor João Bonfim foram eleitos prefeita e vice prefeito de Poções com 47,27 % dos votos. Léo de Tonhe Gordo (PTB) ficou na segunda posição com 45,80%, seguido por Val Cunha (PL), com 5,85%, Ângela Santos (PSOL), com 0,86% e Aldo Xavier (PV), com 0,22%.

No total, Nilda e João Bonfim, seu vice prefeito,  receberam 12.289 votos, Léo de Tonhe Gordo  teve 11.907 votos, Val Cunha obteve 1.521, Ângela Santos conquistou 224 voto  e Aldo Xavier alcançou 57 votos válidos.

Com esse resultado, Nilda Magalhães entra novamente para a história política de Poções, sendo a primeira mulher a assumir o Executivo Municipal a partir de 2021.

Eleições 2020: TRE-BA volta atrás, permite carreatas de campanha na Bahia, mas define restrições

Bahia Notícia

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) voltou atrás na decisão de proibir todos os atos presenciais de campanha (leia mais aqui), e decidiu nesta quarta-feira (11) por autorizar a realização de carreatas com até três pessoas por veículo e com a participação máxima de 60 carros. A decisão foi tomada em sessão da Corte eleitoral baiana nesta quarta, pelos juízes eleitorais, após alguns partidos políticos contestarem a resolução assinada pelo presidente do tribunal, desembargador Jatahy Júnior. “Os partidos políticos se juntaram e eles vinham reclamando. Os advogados se reuniram e fizeram um pleito. Liberou a distribuição de material gráfico nas residências. Não pode fazer nas carreatas, por exemplo”, explicou o advogo Ademir Ismerim, especialista em direito eleitoral, que participou da sessão.

As demais proibições seguem valendo, inclusive a realização de passeatas.

Politica Poçoense: Coligação “Para Poções Continuar Avançando” divulga agenda de campanha da semana

Reprodução

Eleições 2020: TRE-BA altera seções de votação de eleitores; confira

Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) informou que muitas pessoas, de várias cidades baianas, foram remanejadas de suas seções, por causa da necessidade de uniformizar o número de eleitores por seções. No estado, foram equalizadas 5.375 seções.

Segundo informações do TRE-BA, a medida foi tomada para oferecer conforto e celeridade durante a votação.

Conforme explicou a chefe de Atenção ao Cliente, Glória Tourinho, a reorganização dos eleitores ocorre dentro do local de votação, com objetivo de equilibrar a distribuição das seções, sem prejuízos ao exercício do voto.

“Tínhamos seções com uma quantidade muito grande de eleitores e outras com uma quantidade muito pequena dentro de um mesmo local de votação. Por isso foi importante realizar a equalização, para que todas as seções dentro de um local tenham quantidade semelhante de eleitores”.

Para saber se a seção eleitoral teve alteração, o eleitor pode consultar o site do TRE-BA, baixar o aplicativo e-Título ou ligar para (71) 3373-7000.

De acordo com o TRE-BA, as alterações proporcionaram a redução de três mil seções, 12 mil mesários e ocasionou na diminuição da quantidade de urnas eletrônicas a serem distribuídas.

“Isso tudo possibilitará uma melhor funcionalidade e fluidez ao processo eleitoral”, destacou o secretário de planejamento, Maurício Amaral.

www.tre-ba.jus.br/eleitor

COVID-19: Com alta na transmissão do coronavírus, recorde de casos diários no mundo já foi batido neste mês; OMS teme devastação

*EXTRA

mundo passou dos 44 milhões de casos confirmados do novo coronavírus nesta quarta-feira, 28, apontou o monitoramento da universidade americana Johns Hopkins, referência nas estatísticas globais da pandemia. O número de mortos em todo o planeta já passa de 1,17 milhão. Outubro ainda nem terminou, mas já é o mais alarmante momento da pandemia no que diz respeito à transmissão do vírus. Ao longo do mês, o mundo bateu nove vezes o recorde de infecções diárias, segundo a Organização Mundial Saúde (OMS). De acordo com um balanço feito pela agência de notícias AFP a partir de dados divulgados por autoridades de saúde, foram registrados no planeta mais de 510 mil casos somente na última terça-feira, 27, o pior número diário desde o início da pandemia. Mais da metade deles foram contabilizados em apenas dez países: EUA, Índia, Brasil, Rússia, França, Espanha, Argentina, Colômbia, Reino Unido e México. No total, foram 516.898 infectados e 7.723 óbitos em apenas 24 horas, entre segunda, 26, e terça-feira, 27.

Foram quatro milhões de diagnósticos em todo o mundo em apenas dez dias, uma alta impulsionada pelos Estados Unidos, que, pela primeira vez, teve mais de 502 mil infectados em apenas uma semana, segundo a Johns Hopkins — nos sete dias anteriores, foram 370 mil. Os EUA são responsáveis por quase 20% de todas as infecções mundiais, com cerca de 8,8 milhões de confirmações da Covid-19 até ontem, mantendo-se no topo do ranking. Em seguida, vem a Índia, com 7,9 milhões, de acordo com a universidade americana. O Brasil aparece em terceiro lugar: nesta quarta-feira, 28, segundo o último levantamento do consórcio de veículos de imprensa, o país chegou a 5,46 milhões de infectados e 158.468 mortes pela Covid-19. Os dados se referem ao total de registros confirmados pelas autoridades sanitárias de cada nação. Os casos subnotificados de Covid-19 não entram na conta, o que significa que os números são ainda maiores.

Mas é na Europa, no entanto, que a pandemia avança mais rapidamente, com uma média diária maior que 220 mil casos nos últimos sete dias, aumento de 44% em relação à semana anterior, segundo a AFP. O continente se aproxima dos dois mil mortos por dia — no pior momento da pandemia na região, em abril, eram registrados cerca de quatro mil óbitos por dia. Nesta quarta-feira, 28, em meio a uma forte alta dos casos na Europa — com ainda mais casos diários do que se registrava no primeiro semestre —, os governos da Alemanha e da França anunciaram um lockdown parcial para conter a segunda onda do novo coronavírus e evitar o colapso dos hospitais. Em comum, as novas diretrizes anunciadas incluem o fechamento de bares e restaurantes. Apenas escolas podem abrir.

O governo alemão determinou o fechamento de bares, restaurantes e outros estabelecimentos a partir da próxima segunda-feira, dia 2. Comércios e escolas abrirão, mas as autoridades reforçaram as recomendações para que as pessoas permaneçam em casa. Além disso, os encontros sociais ficarão limitados a até dez pessoas de famílias diferentes. Numa reunião com autoridades locais, a chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que os números da Covid-19 aumentaram rápido demais no país e que o nível dos contágios fugiu de controle. A decisão foi tomada depois que autoridades de saúde alemãs registraram quase 15 mil novos casos em apenas 24 horas — o maior número de diagnósticos diários no país desde o início da pandemia. Ao todo, a Alemanha chega a quase 480 mil infectados, segundo a universidade Johns Hopkins.

O presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou a retomada de medidas como o fechamento de bares, restaurantes e lojas e a volta da exigência de atestados para que as pessoas possam circular nas ruas. As escolas até o ensino médio ficarão abertas, mas deverão seguir protocolos que ainda não foram divulgados. O governo francês também determinou que o país foque totalmente em obras públicas e na produção industrial para evitar um tombo ainda maior na economia do país. As autoridades, no entanto, pedem que as empresas deem preferência ao trabalho remoto, mantendo seus funcionários em casa. O comércio, segundo o presidente, poderá reabrir em 15 dias caso as autoridades avaliem que as primeiras semanas do lockdown deram bons resultados. Em pronunciamento na televisão, Macron avaliou que o impacto da segunda onda da Covid-19 será pior do que o primeiro pico da doença no país, entre março e abril.

A segunda onda será sem dúvida mais dura e mortal do que a primeira — afirmou Macron. De acordo com as autoridades de saúde francesas, entre 40 mil e 50 mil novas infecções têm sido identificadas todos os dias. Ao todo, o país registrou 1,2 milhão de casos.

Educação: ‘Estamos avaliando colocar os professores de férias em novembro’, diz Rui

O Correio

O governador Rui Costa afirmou nesta quinta-feira (29) que está considerando dar férias coletivamente aos professores da rede estadual em novembro para que depois as aulas possam retomar sem pausas. “Inclusive, estamos avaliando, eventualmente, colocar os professores em férias em novembro para que, após o retorno, não seja necessário parar”, explicou, durante viagem de testes de um ônibus elétrico no Subúrbio, nesta manhã.

Ele voltou a dizer que as aulas voltarão de maneira escalonada, começando pelos níveis mais altos de ensino. “O que está acertado entre município e estado é o retorno por bloco de ensino. Nós autorizamos a volta do ensino superior e vamos fazer essa volta gradual. Não queremos misturar o retorno com esse momento de aglomerações eleitorais para não contaminar a avaliação do retorno das aulas com a contaminação pelas aglomerações eleitorais. Então, vamos aguardar um pouco. Primeiro vai ser ensino médio e depois o ensino fundamental, mas não há uma previsão”, afirmou.

O governador comentou também as dificuldades econômicas trazidas pela pandemia. “O caixa do governo está muito melhor do que se esperava no início da pandemia. Vamos ter uma arrecadação menor do que o ano passado, mas conseguimos evitar o colapso nas contas do governo. Nossa situação nessa pandemia foi bem pior que a grande maioria dos municípios porque o valor repassado pelo governo federal foi mais generoso com os municípios do que com os governos. Existem municípios que não vão ter queda de arrecadação nenhuma, alguns vão ter até acréscimos em relação ao ano passado porque foi um repasse de valores absolutos que não levou em conta quanto cada município arrecadava”, considerou.

Brasil: Bolsonaro autoriza estudos sobre privatização de unidades básicas de Saúde (UBS)

Imagem / Ilustração / Foto: Internet / UBS – Poções/BA

O presidente Jair Bolsonaro autorizou, via decreto, estudos sobre modelo de privatização nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) via Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). As UBS são a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), fazendo o atendimento primário do paciente, como acompanhamento de doenças crônicas, para evitar que a pessoa desenvolva algo grave. Elas são instaladas nos bairros, próximas às casas das pessoas.

A autorização veio via decreto 10.350, publicado no Diário Oficial da União (DOU) da última terça-feira (28) e assinado por Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Texto diz que “fica qualificada, no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República a política de fomento ao setor de atenção primária à saúde, para fins de elaboração de estudos de alternativas de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de Unidades Básicas de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios”.

O decreto diz que os estudos têm como “finalidade inicial de estruturação de projetos pilotos”. A seleção será estabelecida em ato da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos do Ministério da Economia. O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, se manifestou na última terça-feira contra o decreto. “Nós não aceitaremos a arbitrariedade do presidente da República”, afirmou. Pigatto informou que está sendo encaminhado para a Câmara Técnica da Atenção Básica (CTAB) está estudando o decreto para elaborar um parecer formal e tomar as providências legais. “O que precisamos é fortalecer o Sistema Único de Saúde”, frisou.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia