WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I web play radio fm capacitacao e cia




agosto 2021
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 10/ago/2021 . 23:57

II edição Live Solidária com artista da terra de Boa Nova acontecerá dia 11/09; Forró na Pegada dos Primos é uma das atrações confirmada

Cartaz Oficial do evento / Blog Panorama Geral

O projeto Live Solidária foi idealizado pelo cantor Jânio Mendes com sua primeira edição no ano 2020. O objetivo é reunir artista da terra para apresentação via youtube, onde os mesmo terão oportunidade de apresentar seu trabalho artístico, agregando arrecadação de alimentos não perecível, que posteriormente serão doados a famílias carentes do município.

O grupo de forró Na Pegada dos Primos, do povoado do Penachinho, é uma das atrações já confirmada para o evento, dentre outros artista conforme divulgado no cartaz oficial.

O evento acontecerá dia 11 de setembro e será transmitido pelo canal Jânio Mendes no Youtube.

 

Combustível poderá ficar mais barato R$ 0,20 por litro em projeto apresentado por Bolsonaro ao Congresso Nacional

Fonte: Valor Econômico

A obrigatoriedade da presença de distribuidoras no comércio de etanol pode estar próxima do fim. De acordo com fontes consultadas pelo Valor Econômico, o presidente Jair Bolsonaro deve apresentar nesta quarta-feira (11), uma medida provisória que permitirá a venda direta do biocombustível, ou seja, o comércio entre usinas e postos sem a presença de intermediários provocando baixa de preço no etanol.

Uma reivindicação das usinas da região Norte-Nordeste, a venda direta ganhou destaque em 2018. Naquele ano, marcado por uma greve de caminhoneiros que durou 10 dias, um projeto de decreto legislativo de autoria do senador Otto Alencar (PSD-BA) chegou a ser aprovado em regime de urgência no Senado, mas acabou estacionado na Câmara.

O texto susta o artigo da resolução da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que exige a presença de distribuidoras no comércio de combustíveis.

O projeto voltou a caminhar no congresso com o apoio de Bolsonaro. Em janeiro de 2020, o presidente já havia se posicionado a favor do texto, afirmando que a venda direta poderia baixar o preço do etanol em até R$ 0,20 por litro. Mais de um ano depois, ele declarou que pediu ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para que o projeto fosse pautado na Câmara.

De lá para cá, o texto recebeu um parecer favorável do relator, o deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), e foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). Entretanto, a decisão foi acompanhada de uma controvérsia: por se tratar de um projeto de decreto, o texto não aborda a tributação que atualmente incide na atividade de distribuição.

“Com este projeto, temos perda de arrecadação de PIS/Cofins e uma concorrência desleal, mas vamos deixar essa discussão para outro momento, cumprindo o acordo feito com os partidos da Casa”, disse a deputada Greyce Elias (Avante-MG) na ocasião da aprovação na CCJC.

O acordo mencionado por ela, segundo reportagem publicada na ocasião pela agência EPBR, envolveria justamente uma medida provisória, feita para resolver o dilema tributário.

“Com a revogação da atual norma da ANP será necessário adequar a legislação para que ocorra, no caso da venda direta, o recolhimento de PIS/Cofins de maneira monofásica, ou seja, centrado apenas no produtor”, explica o presidente da Associação de Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (NovaBio), Renato Cunha.

Ele defende que a cobrança siga a sistemática atual quando as empresas optarem pela venda do biocombustível por meio de distribuidoras. Deste modo, a chamada monofasia tributária aconteceria somente em casos de venda direta.

Presença confirmada na cerimônia de lançamento da medida provisória, o presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Andrade Lima, confirma que a aprovação da venda direta foi um compromisso assumido por Bolsonaro em relação ao setor produtivo de etanol.

“O governo trabalhou com os ministérios da Agricultura e de Minas e Energia e está encaminhando essa MP”, relata, mas completa: “Eu não sei como vai ficar a questão da tributação do PIS/Cofins, é uma grande celeuma”.

Deputado Sandro Régis critica Rui Costa e diz que gestão do PT não investiu no esporte baiano

*Política Livre / Reprodução Blog Panorama Geral

O deputado estadual Sandro Régis (DEM), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criticou os governos petistas da Bahia devido à falta de investimentos no esporte. Para Régis, o governador Rui Costa (PT) tenta se apropriar e se aproveitar dos resultados históricos alcançados por atletas baianos nas Olimpíadas de Tóquio. O Estado levou três medalhas de ouros e uma prata em esportes individuais: Isaquias Queiroz (canoagem), Ana Marcela (maratona aquática) e Hebert Conceição e Beatriz Ferreira (ambos do boxe).

“Não fizeram nada para impulsionar o esporte olímpico no nosso Estado. O que vemos é que aqueles atletas que começam a se destacar precisam sair da Bahia, porque aqui não há boas condições de treino e desenvolvimento, e muito menos apoio para que estes jovens possam progredir. Mas agora o governo do PT quer comemorar. São engenheiros de obra pronta, estão precisando de óleo de peroba”, criticou.

No boxe, por exemplo, Régis lembrou que, em 2016, após o ouro conquistado por Robson Conceição, o governador Rui Costa (PT) prometeu um centro de boxe. “Nada foi feito. Agora, o governador volta e faz a mesma promessa. É uma vergonha. Desde o fim do Balbininho, o governo do Estado não fez absolutamente nada para que tivéssemos um equipamento para receber grandes competições de luta”, complementou.

Outra medida criticada pelo deputado foi a “expulsão” imposta pelo governo do Estado às federações esportivas do Palácio dos Esportes. “Elas, que já não têm apoio, ainda perderam uma sede importante para que mantivessem condições mínimas”, disse, lembrando ainda do abandono do Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas.

O local teve investimento dos governos federal e estadual e foi bastante celebrado pela gestão petista. “Isso é falta de gestão, falta de planejamento. Nós temos aqui um equipamento que tinha tudo para ser uma referência nacional, mas o que vemos é que o centro está abandonado, se deteriorando”, destacou.

Prefeito Adonias Rocha, o vice Luva e deputado Antônio Brito participam da missa solene em homenagem ao centenário de Boa Nova

FOTOS: ADELSON MEIRA | MATÉRIA: VAN NASCIMENTO

O prefeito do município de Boa Nova, Adonias Rocha, juntamente com o deputado federal Antônio Brito, o vice prefeito Nicomedio Alves, o presidente da Câmara de Vereadores Thiago Andrade e demais Edil, participaram na manhã do último dia 06 de Agosto 2021, da missa solene em homenagem ao centenário de Boa Nova.

A celebração foi realizada pelo Pe. Eneilson de Jesus, Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Boa Nova, a cerimônia religiosa contou apenas com alguns convidados.  Antes da Missa Solene, Pe. Eneilson lembrou que a igreja tomou uma série de medidas para evitar aglomerações durante a programação.

Na oportunidade, o chefe do executivo municipal alertou a população para se manter vigilante e alerta quanto ao cumprimento dos protocolos sanitários e medidas de distanciamento social para evitar uma segunda onda da covid-19. O prefeito lembrou que a gestão municipal segue com fiscalização e não vai permitir o descumprimento dos decretos.  

“Hoje, saudamos e celebramos esta bonita festa da fé e devoção do povo de Boa Nova. São 100 anos de proteção e bênçãos por meio da intercessão de Nossa Senhora”, finaliza o gestor. 

Ainda de acordo com o prefeito, celebrar os cem anos de fundação da cidade é uma forma de homenagear a todos, não só os fundadores e as pessoas conhecidas da sociedade que ajudaram a fazer a história, como também, às pessoas desconhecidas, que na sua simplicidade contribuíram com o trabalho para que o município crescesse e se desenvolvesse.









WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia