WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I
















fevereiro 2021
D S T Q Q S S
« jan    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  


Cultura: Filme poçoense é destaque na edição do Jornal A Tarde; Rogério Sagui está entre os diretores que poderá ser premiado

Blog Panorama Geral / A Tarde

Um filme gravado no sertão do sudoeste baiano, mais precisamente no município de Poções, foi destaque na edição de um dos maiores jornais de grande circulação no estado, estamos falando do filme “Rosa Tirana” dirigido pelo cineasta poçoense Rogério Sagui.  Acompanhe a matéria;

Em meio à pandemia de covid-19, a tradicional Mostra de Cinema de Tiradentes terá sua 24ª edição realizada de forma predominantemente virtual, com apenas ações pontuais na cidade histórica mineira. A programação do evento, que começa amanhã, 22, e vai até o dia 30, foi divulgada na semana passada e é totalmente gratuita. Entre os selecionados estão seis filmes baianos: ‘Açucena’, de Isaac Donato, ‘Rosa Tirana’, de Rogério Sagui, ‘Eu, Empresa’, de Leon Sampaio e Marcus Curvelo, ‘Voltei’, de de Ary Rosa e Glenda Nicácio, ‘Negro em Mim’, de Macca Ramos, e ‘Swingueira’, de Bruno Xavier, Roger Pires, Yargo Gurjão e Felipe de Paula.

Blog Panorama Geral / A Tarde

Os filmes poderão ser assistidos por meio do site do evento, onde também já é possível conferir as datas de exibição e as sinopses. Nos debates, um dos temas que estará em evidência diz respeito aos impactos da pandemia do novo coronavírus no cinema, a começar pela reflexão sobre a própria produção do evento. A programação online, experimento inédito na história da mostra, poderá servir de base inclusive para se repensar o modelo dos próximos anos.

O coordenador curatorial do evento, Francis Vogner, acredita que o online está vindo para ficar. “Ainda iremos discutir as próximas edições, mas acho que caminharemos pra um modelo híbrido. O presencial é fundamental, porque oferece uma experiência particular de vivenciar o festival. Mas acredito que o formato virtual tende a se estabelecer também. Pelo menos em parte da programação, porque é a oportunidade de alcançar novos públicos. Há pessoas que querem estar em Tiradentes, mas às vezes não têm essa oportunidade. Isso nunca havia sido feito em nenhum dos grandes festivais no Brasil. E agora estamos sendo obrigados pela realidade a pensar sobre esse formato”.

Blog Panorama Geral / A Tarde

A opção inédita pelo online também foi feita por outros eventos que são referência no calendário cinematográfico brasileiro, como o Festival de Gramado, em setembro do ano passado, e o Festival de Brasília, que ocorreu há pouco menos de um mês. A Universo Produções, que organiza a Mostra de Tiradentes, também adotou o modelo em eventos que organizou no segundo semestre de 2020: as mostras de Ouro Preto (CineOP) e de Belo Horizonte (CineBH).

De acordo com Raquel Hallak, diretora da produtora e coordenadora geral dos três eventos, a aposta na edição virtual parte da compreensão de que assegurar a realização dos festivais se tornou ainda mais importante, em meio a um contexto onde os filmes enfrentam dificuldades de acesso a recursos financeiros devido à paralisação de editais públicos e têm menos espaços para visibilidade. Seria uma forma de garantir a circulação das obras, diante da quarentena do público e da interrupção do funcionamento de muitas salas de cinema no país.

Blog Panorama Geral / A Tarde

“O online tem o potencial de ampliar o alcance do evento. Deixa de ter uma restrição geográfica para acessar o conteúdo. É uma oportunidade de levar produções recentes do cinema brasileiro a todos os cantos do país, e também a outros países. É também uma forma de democratização, até porque há filmes que muitas vezes não chegam ao circuito comercial, mesmo em um contexto normal. Então, será uma forma de mais pessoas conhecerem os realizadores”, avalia Hallak. Segundo ela, o que será levado ao público é um recorte da produção cinematográfica brasileira de um período muito peculiar.

:: LEIA MAIS »

Crise: Rodoviários de Feira ameaçam voltar a parar se atrasos continuarem

Blog Panorama Geral / Fonte: A tarde

Após os rodoviários do transporte público de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, paralisarem as atividades na manhã desta quinta-feira, 21, por salários atrasados, a categoria afirma que pode voltar a cruzar os braças e permanecer nas garagens caso se as empresas de ônibus não efetuarem o pagamento do salário atrasado até a próxima segunda-feira, 25.

Segundo o portal Acorda Cidade, rodoviários decidiram retornar às atividades no final da manhã de quinta, apesar do pagamento não ter sido regularizado, como um “voto de confiança” nos empresários. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários do município, cerca de 650 rodoviários aderiram à paralisação, nas duas empresas que circulam na cidade.

Cerca de 100 mil pessoas usam o transporte público todos os dias. A prefeitura de Feira de Santana informou que está acompanhando a situação e que providenciou transporte temporário para à população, com a disponibilização de 103 vans do Sistema Alternativo e Complementar (STPAC).

Em nota, o Governo Municipal disse que segue tratando sobre o assunto a fim de restabelecer os serviços do Sistema Integrado de Transporte (SIT) e do Bus Rapid Transit (BRT). A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) também afirmou que na zona rural o transporte não foi afetado.

Ônibus retirados de Feira

O diretor do Sindicato dos Rodoviários, Cleomar Cesário, relatou que 25 ônibus da empresa Rosa foram retirados de Feira de Santana e levados para operar o serviço de transporte no município de Vitória da Conquista. Segundo ele, 25 ônibus da empresa São João foram levados para São Paulo para serem reformados.

O secretário municipal de comunicação, Edson Borges, informou ao Acorda Cidade que o governo foi surpreendido com uma ação do sindicato que bloqueou a saída dos ônibus urbanos. Segundo ele, a prefeitura já está tomando uma providência imediata de colocar em circulação na cidade o transporte alternativo para que a comunidade não seja prejudicada.

Poções: Morre a professora Maria Rita Magalhães vítima de complicações da covid-19

Reportagem: Blog Panorama Geral / Foto: Facebook

É com pesar que noticiamos o falecimento da professora Maria Rita Curvelo Magalhães, idade não revelada, vítima de complicações do novo coronavirus (COVID-19). Tia Maita como assim era conhecida e querida por todos veio a óbito nesta quinta-feira, 21 de janeiro na cidade de Vitoria da Conquista onde a mesma permanecia internada a varios dias.

De acordo com informações colhidas por nossa reportagem, o esposo de Maria Rita, também foi diagnosticado com o vírus mais já foi curado, a professora deixa esposo, filhos e netos.

Em nota, APLB – Poções emitiu uma nota em sua página no Facebook falando sobre a trajetória da professora tão querida que perdeu a guerra contra o covid-19.

 Confira;

“O que dizer quando temos que nos despedir de alguém que marcou a nossa vida? Morador de Poções que estudou aqui entre os anos 70 e 90 com certeza tem alguma lembrança dela. Bonita, elegante, rígida, mas amorosa, cuidadosa e muito inteligente. Durante décadas ela nos ensinou e encantou. E eis que na plenitude dos seus anos, ativa, feliz, bem humorada, cercada de pessoas amadas, ela parte. Vitima desse vírus que tem deixado tanta gente triste, tanta família despedaçada. Lamentamos profundamente ter que dizer adeus à colega, à mestra, à amiga Maíta. Seus ensinamentos, seus puxões de orelha, seu sorriso e sua alegria permanecerão em nós!

Obrigada professora!”

Bahia: Garota é encontrada enforcada e o companheiro morto a facadas

Blog Panorama Geral / Fonte: www.vitoriadaconquistanoticias.com.br/

Dois corpos foram encontrados na manhã desta quarta-feira (20), no povoado Santo Agostinho em Pé de Serra, município da Bacia do Jacuípe e posteriormente identificados como sendo do casal Jeovan Silva da Mata, 23 anos, conhecido como “Jeovan Aboiador” e de Letícia Reis Souza, 15.

A jovem que seria companheira de Jeovan foi encontrada pendurada pelo pescoço dentro de casa pela guarnição da PM. A primeira hipótese foi de suicídio, mas deve ter também outra linha de investigação quando a mesma guarnição encontrou o corpo de Jeovan, com perfurações em decorrência de um possível ataque com arma branca. De acordo com a Polícia Militar, a equipe da Delegacia Territorial (DT) de Pé de Serra realizou levantamento cadavérico e instaurou inquérito para apurar autoria e motivação dos crimes.

Apesar de Letícia ser menor de idade, ela vivia em união estável com Jeovan. Conforme apurado pelo Vitoria da Conquista Notícias junto ao portal Calila, o casal já esteve envolvido em inquérito policial de estupro de vulnerável por terem supostamente iniciado relações sexuais antes da jovem completar 14 anos, porém conviviam desde então. Investigações preliminares descobriram boatos de que a ela estaria mantendo um outro relacionamento, com um homem ainda não identificado. Esse homem é suspeito de ser o autor do crime, mas isso ainda não foi confirmado por pessoas próximas às vítimas.

Brasil: Nova prorrogação do auxílio emergencial tem condições definidas

Blog Panorama Geral / Fonte: AGBrasil

Nesta semana, o deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara dos Deputados, revelou que o governo federal poderá pagar mais alguns meses de auxílio emergencial. No entanto, ele informou que para isso acontecer será necessário que o orçamento de 2021 seja aprovado. Além disso, ele deixou claro que vai depender do valor e do número de parcelas do benefício. “Penso que, com Orçamento [aprovado], dependendo do valor e do prazo [do benefício] e respeitando o teto de gastos, tenhamos possibilidade de fazer um auxílio, até que se vote um novo programa permanente [de renda mínima, como o Bolsa Família]”, disse Lira.

O líder do PP revelou que a criação de um novo programa vai ficar condicionada à aprovação da PEC Emergencial pelo Congresso Nacional. A PEC estabelece a redução dos gastos públicos por meio da redução salarial dos servidores, suspensão de concurso e o fim de municípios que não puderem se sustentar financeiramente. “Para criar um programa novo, para institucionalizar um programa inclusivo, nós temos de discutir e aprovar a PEC emergencial, para que a gente reduza despesas e faça um orçamento mais flexível e, na sequência, vote as reformas administrativa e tributária”, afirmou. Lira tem sua candidatura apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Em seu discurso final, Lira criticou a ideia de convocar o Congresso ainda em janeiro, como defende o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para deliberar sobre assuntos como o caos da saúde pública de Manaus e a prorrogação do auxilio emergencial.

“O que temos de ter nesse momento é responsabilidade e clareza, é mais ‘nós’ e menos ‘eu’”, disse Lira, ao criticar Maia. “Não temos sentido a necessidade dessa convocação específica para isso. Isso só é palanque eleitoral.”

Auxílio emergencial em janeiro

Após isso, os saques do auxílio emergencial seguirão sendo liberados até 27 de janeiro. As próximas liberações acontecerão aos nascidos em agosto (18), setembro (20), outubro (22), novembro (25) e dezembro (27).

Após a liberação dos saques no dia 27 de janeiro, estará encerrada oficialmente a liberação de pagamentos do auxílio emergencial. Até então, o benefício não foi prorrogado pelo Governo Federal, embora existam inúmeros projetos para prorrogação do benefício até março de 2021.

Brasília: Mourão fala que gestão de Pazuello na Saúde tem ‘pontos a favor e contra’

Blog Panorama Geral / Fonte: último Minuto

O vice-presidente Hamilton Mourão minimizou nesta terça-feira(19),  o atraso na distribuição de vacinas contra Covid-19 feita pelo Ministério da Saúde. Ele disse que a gestão do ministro Eduardo Pazuello tem “pontos a favor e pontos que são contra”, mas não entrou em detalhes.

Perguntado se as críticas a Pazuello na condução da política de enfrentamento à doença poderiam atingir as Forças Armadas, já que o ministro é um general da ativa do Exército, Mourão respondeu:

“Apesar do ministro ser um oficial general do Exército da ativa, mas independente do cara estar na ativa ou na reserva, qualquer militar sempre é visto como representante das Forças. E a situação do ministro Pazuello, como ministro da Saúde, ele vem procurando as melhores soluções para essa crise da pandemia e óbvio que isso tem pontos a favor e pontos que são contra a gestão dele”, disse Mourão.

Pazuello negou que a distribuição das vacinas tenha dado errado. A previsão inicial do Ministério da Saúde era iniciar a campanha amanhã. Na segunda, a pedido dos governadores, a medida foi antecipada, mas houve atrasos no novo cronograma, pelo qual a imunização começaria ontem. Pazuello creditou a demora na entrega de vacinas a “mudança de logística” por pedido de governadores .

“Eu acho que não deu errado. Vamos lembrar o que o ministro já tinha falado algumas semanas atrás: que a partir do momento que a vacina fosse aprovada, se levaria de dois a três dias para que ela tivesse colocada em todos os pontos do Brasil. O que aconteceu foi que ficou aquela expectativa de que da noite para o dia ia chegar no Acre e no Rio Grande do Sul ao mesmo tempo. É complicado. E vamos lembrar o que ele tinha falado anteriormente. Tanto que a linha de ação é que a vacinação só começasse amanhã. Seria exatamente esse prazo de dois a três dias”, afirmou o vice-presidente.

Caetanos: Município faz aquisição de plataforma virtual para ensino 2021

ASCOM/PMC – Reprodução e Divulgação: Blog Panorama Geral

Com o intuito de sistematizar a implantação do ensino híbrido no município, a Educação de Caetanos faz aquisição de uma plataforma virtual, cuja iniciativa compõe o modelo híbrido de ensino, que também compreende as aulas presenciais que, até o momento, não há data de retorno. A ação, que seguirá ao longo do ano letivo de 2021, irá proporcionar, por meio da plataforma Bravo, a criação de turmas em ambientes virtuais divididos por componentes curriculares. O projeto ainda oferece um ensino dinâmico para alunos e professores.
De acordo com a Secretária da Educação, Rosene Brito, a prioridade à proteção da vida de alunos, professores e funcionários fez com que a SMEC acelerasse a implementação de recursos tecnológicos que assegurarão a continuidade do ano letivo aos alunos da Rede Municipal de Ensino. “Diante da implementação das Aulas Remotas, garantiremos a preparação de professores e alunos para este novo momento. Faremos uma adaptação frente a esta nova realidade, oferecendo todo o suporte para professores e estudantes”, destaca.
CALENDÁRIO DE PREPARAÇÃO
Para que todos estejam preparados para a utilizar a plataforma, a Secretaria da Educação de Caetanos realizará capacitação com os professores e estudantes, buscando aprimorar o manuseio com o ambiente virtual de aprendizagem. Através da plataforma Bravo serão criadas todas as turmas por escola e disciplina com todos os alunos e professores alocados automaticamente. O espaço virtual ainda irá contar com uma área de processamento de dados de toda a vida escolar documental dos alunos, que tem como objetivo otimizar o censo escolar e informatizar a Rede Municipal de Ensino. Para aqueles que não possuem aparelho celular, as escolas funcionarão em regime de plantão com agendamento, respeitando todos os protocolos de saúde, para que possam utilizar a estrutura da instituição de ensino
Já nos casos de alunos que não tenham nenhuma possibilidade de acesso digital, as coordenadorias e as escolas disponibilizarão a entrega de conteúdo através de apostilas.

Poções: Instituto Capacitação & Cia traz para Poções e região o Curso de Barbeiro Profissional; garanta já sua vaga

Blog Panorama Geral

Você pensa no seu futuro? Então venha para o Instituto Capacitação & Cia. Nós queremos fazer parte do seu progresso profissional. O Capacitação & Cia traz para Poções e região o Curso de Barbeiro Profissional, com Shaollim Hairstyle.

Você pensa no seu futuro? Então venha se qualificar! Nós queremos fazer parte do seu crescimento profissional.

Tel: 77 98851-3131;
End: Rua 7de Setembro,116 , Centro – Poções (ao lado do ponto das vans).

Poções: Técnica em enfermagem é a primeira pessoa a tomar a vacina contra covid-19

Blog Panorama Geral / Foto: Internet

Na manhã desta terça-feira 19 de janeiro, por volta das 10h chegou ao município de Poções a primeira remessa da vacina contra o covid-19, nova variante do coronavirus.

A enfermeira Ciolides freire, de 33 anos, tornou-se hoje (19) foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no município, minutos após a chegada do lote na Vigilância Epidemiológica Municipal, os lotes foras distribuídos em todo o país após ser autorizada o uso emergencial das vacinas CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac, e Oxford-AstraZeneca pela ANVISA.

Ciolides é servidora pública no serviço móvel de urgência (SAMU-192), ela técnica enfermagem e está na linha de frente no combate à pandemia. Todo o percurso, distribuição e aplicação, serão acompanhados pela Polícia Militar.

 

*Noerivan do Nascimento Pereira

Inovação: Projeto de Hortalícia fortalece produção agroecológica durante pandemia

Blog Panorama Geral / Agência Brasil

O projeto Alimentação e Solidariedade na Rede de Agroecologia, da Universidade Federal Fluminense (UFF), tem sido uma resposta de professores e alunos para diminuir o impacto da pandemia do novo coronavírus na sociedade. O projeto procura ampliar e fortalecer os circuitos de produção e consumo de alimentos agroecológicos existentes nos seis diferentes campi da universidade (Niterói, Macaé, Angra dos Reis, Santo Antônio de Pádua, Rio das Ostras e Campos dos Goytacazes). Ele é apoiado pelo Edital de Projetos de Pesquisa, Ensino e Extensão voltados para o enfrentamento da pandemia da covid-19, do governo federal, com execução por meio de arranjos locais nessas seis diferentes unidades da UFF.

A coordenadora do projeto, professora Ana Maria Motta Ribeiro, do Departamento de Sociologia e Metodologia das Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito (PPGSD/UFF), disse que esse é um projeto de pesquisa e extensão, que levanta informações em alguns setores da produção agrícola orgânica ou agroecológica no estado do Rio, situados no entorno de alguns campi da UFF. “Cada unidade dessas tem um grupo de professores com projeto de extensão e pesquisa sobre a organização do segmento dos trabalhadores rurais que produzem na base familiar, com qualidade, sem veneno, diferentemente das oligarquias do país”, informou Ana Maria. “São populações mais vulneráveis”, acrescentou.

Juntos, professores e alunos das seis unidades da UFF desenvolveram a Rede de Agroecologia, que está viabilizando a realização do projeto em diferentes regiões fluminenses. O “Alimentação e Solidariedade” está também articulado a um mapeamento colaborativo de âmbito nacional, que é a Ação Coletiva Comida de Verdade, iniciativa desenvolvida por organizações da sociedade civil ligadas à agroecologia, para o acompanhamento das estratégias e respostas que estão sendo organizadas para lidar com o contexto da pandemia.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia