WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I










agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Saúde’

Saúde: Fiocruz anuncia que deve começar a produzir vacina contra a Covid-19 em dezembro

G1

A Fiocruz revelou um acordo com o  laboratório AstraZeneca para produzir, a partir de dezembro, milhões de doses da vacina contra o coronavírus, desenvolvida pela Universidade de Oxford. O acordo assinado entre a Fundação Oswaldo Cruz, o Ministério da Saúde e o laboratório britânico AstraZeneca, deve garantir a transferência de tecnologia, e assegura que 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 sejam produzidas no Brasil. Segundo a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, é muito provável que a produção comece ainda este ano.

“Estamos nos preparando para receber 30 milhões de insumos farmacêuticos para 30 milhões de doses da vacina, entre dezembro e janeiro, e estaremos produzindo essas doses de vacina, e receberemos mais 70 milhões de doses logo a seguir, entre fevereiro e junho de 2021”. Atualmente, a pesquisa está na fase estudos clínicos, quando ela é testada em larga escala. A parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra, e com o laboratório britânico AstraZeneca é uma das mais adiantados do mundo, segundo o G1. No Brasil, dois mil voluntários já participam dos testes para comprovar a eficácia e segurança dela. Os testes estão sendo conduzidos pela Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp, o Instituto D´Or, com o apoio da Fundação Lemann.A chegada de recursos ainda é necessária. O Ministério da Saúde prevê um repasse de R$ 522 milhões para o processamento da vacina. E mais R$ 1,3 bilhão para trazer ao Brasil os insumos para a fabricação.

Além disso, estão previstos R$ 95 milhões em investimentos para adaptar os laboratórios de Bio-Manguinhos, no Rio. É uma corrida contra o tempo e em várias frentes. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já autorizou estudos clínicos de três vacinas no Brasil. O Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais começou a testar uma vacina em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, e a empresa chinesa Sinovac. E a farmacêutica americana Pfizer com a empresa alemã Biontech também vão testar uma vacina com apoio do Centro Paulista de Investigação Clínica, e as Obras Sociais Irmã Dulce, de Salvador. Em 120 anos de existência, a Fiocruz nunca participou do desenvolvimento de uma vacina em tempo tão curto. Na avaliação dos pesquisadores brasileiros, há bons motivos para acreditar numa vacina produzida no país ainda em 2020.

De 0 a 10, a presidente da Fiocruz fala qual é a sua expectativa. “Nove e meio. É uma esperança muito grande, mas ao mesmo tempo eu aponto a complexidade do desafio frente à essa pandemia. Com efeitos tão devastadores, uma crise humanitária posa ser enfrentada com o aumento da nossa consciência social e um reforço das políticas públicas de saúde”, completa Nísia.

Covid-19: Ministério da Saúde tem 9,8 milhões de testes parados por falta de insumos

*Correio

Secretário executivo do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Mauro Junqueira reforça que os testes ficaram estocados no País pela falta de todo o equipamento para a análise. “Não tinha o material de extração. Chegou incompleto. Foi feito um acordo e (a compra) está sendo centralizada. (A situação) já melhorou muito nas últimas semanas”, disse

Quase seis meses após decretar o estado emergência pela covid-19 no País, o Ministério da Saúde ainda guarda em seus estoques 9,85 milhões de testes, segundo documentos internos da pasta aos quais o Estadão teve acesso. O número é quase o dobro dos cerca de 5 milhões de unidades entregues até agora pelo governo federal aos Estados e municípios. O exame encalhado é do tipo PT-PCR, considerado “padrão-ouro” para diagnóstico da doença.

O principal motivo para os testes ficarem parados nas prateleiras do ministério é a falta de insumos usados em laboratório para processar amostras de pacientes. Isso porque, segundo informam secretários de saúde, não adianta só enviar o exame, também é preciso distribuir reagentes específicos. O governo federal comprou os lotes de exames sem ter a garantia de que disporia de todos esses insumos, indispensáveis para usar os testes. Estes produtos não são entregues “com regularidade” pela pasta, afirma o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Questionado, o Ministério da Saúde disse que enfrentou dificuldades para encontrar todos os insumos no mercado internacional, mas que está estabilizando a distribuição conforme recebe importações de fornecedores. A pasta não explicou se recebeu algum alerta dos técnicos, durante o planejamento, sobre o risco de os testes ficarem parados pela falta de insumos. Também não informou quantos reagentes utilizados na etapa de extração das amostras foram entregues.

Brasil: Primeira-dama Michelle Bolsonaro testa positivo para Covid-19

*Metrópole

Logo após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmar ter contraído a doença, a primeira-dama testou para coronavírus e o resultado deu negativo. Na época, ela comemorou que as filhas também não tinham contraído contraíram a Covid-19, mais agora foi ao contrario.

Primeira-dama Michelle Bolsonaro testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República nesta quinta-feira (30/7). O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), marido de Michelle, teve a doença e está recuperado desde o último sábado ((25/7). Todos os familiares do presidente que moram com ele no Palácio da Alvorada haviam testado negativo para a Covid-19 após o presidente anunciar, no dia 7 de julho, que havia contraído o vírus. A  filha caçula, Laura, e pela enteada, Letícia, realizaram o exame e aguarda resposta.

Poções: Prefeitura realiza melhoria da estrada de acesso à região dos Paus Brancos

DECOM/PMP

Em todas as áreas, a Prefeitura Municipal de Poções segue empenhada para suprir as necessidades da população, seja na sede ou zona rural.

Nesta última segunda-feira (27/07), equipes da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos estiveram trabalhando na melhoria da estrada de acesso à região dos Paus Brancos, visando garantir a infraestrutura adequada e com boas condições de trafegabilidade. Os moradores da região, assim como os de outras inúmeras localidades, estão felizes com a atenção recebida, sobretudo nas áreas da Saúde e Infraestrutura, na gestão do prefeito Leandro Mascarenhas. Em fotos que merecem destaque, podemos observar a união dos profissionais da Unidade de Saúde de Bandeira Nova e da Infraestrutura que diariamente se dedicam a melhorar a vida do nosso povo.

Brasília: Presidente sanciona lei que resgata R$ 1,5 bilhão para assistência social

Agência de Noticias

O projeto vai destinar R$ 1,5 bilhão para ações de combate ao coronavírus voltadas para a população mais vulnerável, será liberada pelo prescinde para estados e municípios.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou Projeto de Lei que vai destinar R$ 1,5 bilhão para ações de combate ao coronavírus voltadas para a população mais vulnerável, como moradores de rua, por exemplo. O Projeto é da deputada Flávia Arruda, que na terça-feira (28) se reuniu no Palácio do Planalto com o presidente. Ela explicou que o objetivo da proposta é facilitar a liberação de recursos de anos anteriores não utilizados e que normalmente voltam para os cofres do Tesouro. Devido a falta de projetos aprovados ou em andamento, o dinheiro estava parado. A ideia, segundo a deputada, é garantir por exemplo, dinheiro para a compra de cestas básicas, para atender quilombolas, povos indígenas, idosos e reestruturar os centros de assistência social nos estados e municípios.

Gestão Léo: Mais quatro veículos 0km vão são destinados à Saúde de Poções

DECOM/PMP

Através de emenda parlamentar, o governador da Bahia Rui Costa (PT) esteve entregando nas mãos do prefeito de Poções, Leandro Araújo Mascarenhas (Léo de Tonhe Gordo) veículos novos destinados a saúde.

Na tarde desta terça-feira (28/07), o prefeito Leandro Mascarenhas esteve no Parque de Exposições em Salvador, para receber das mãos do governador Rui Costa as chaves de quatro veículos modelo Ford Ka, que serão destinados à Secretaria de Saúde do município de Poções.

Só nesses três anos e meio, já são 23 veículos adquiridos para o município.

“Quero agradecer ao deputado federal Waldenor Pereira, que realizou a emenda parlamentar em gratidão aos votos recebidos da nossa cidade”, disse o prefeito. “Sigo lutando por dias melhores para o nosso povo. Que Deus nos abençoe. Avança, Poções!”, completou Léo.

Conquista: Servidores da Atenção Básica à Saúde fazem protesto após serem excluídos do adicional de insalubridade

*Por Caique santos

Servidores municipais da Atenção Básica à Saúde (SUS) fizeram uma manifestação na porta da Prefeitura de Vitória da Conquista na manhã desta segunda-feira (27).

O protesto pedia o adicional de insalubridade que foi concedido pelo prefeito Herzem Gusmão apenas aos servidores do SAMU 192 e do Centro de Atenção à Covid-19, preterindo o restante dos servidores da saúde. No dia 21 passado, o prefeito assinou o decreto 20.400 (LEIA ABAIXO), dando o adicional de insalubridade apenas aos servidores estão na linha de frente do combate à pandemia, mas não contemplou a Atenção Básica.

“A porta de entrada do SUS merece tanto reconhecimento quanto o SAMU 192 e o Centro de Covid, que recebem merecidamente os 40% de insalubridade. Todos os pacientes encaminhados pra lá são referenciados pelas nossas unidades de saúde. Eu como técnica de enfermagem e vacinadora estou diariamente fazendo o meu papel e peço ao município que possa fazer o papel dele também”, disse uma servidora, que chegou a chorar. No dia 25 de abril, a Câmara de Vereadores aprovou um requerimento que solicitava o adicional a todos os servidores da saúde, mas foi ignorado por Herzem. Atualmente 332 servidores da saúde estão com a covid-19.

Até o momento o prefeito não se pronunciou sobre o assunto.

Bandeira Nova: Aos 104 anos moradora de Poções vence o coronavírus

Fonte: Blog do Jefersom / Adaptação: Panorama Geral

Com 104 anos, Dona Bertulina tem história para contar. Uma das moradoras de mais idade do município de Poções, ela, que reside na comunidade de Bandeira Nova, venceu a Covid-19.

A boa notícia tem ganhado grande repercussão nas redes sociais. “A receita da boa imunidade foi ter vivido na roça a vida inteira, ter se alimentado bem e o amor da família”, expressou a centenária em sua plena lucidez em conversa com o Blog do Jeferson Almeida.

O diagnóstico, acompanhamento, tratamento e alta médica ocorreram na Unidade de Saúde da Família de Bandeira Nova, coordenada pela enfermeira Aline Gonçalves, e tendo como médico responsável pela Unidade de Saúde.

A comunidade, família e equipe de saúde comemoram o que pode ser considerado um milagre na medicina e parabeniza a centenária pela sua força e saúde.

Covid-19: Proposta suspende reajuste de conta de luz em 2021 por causa da pandemia

Para ajudar brasileiros que perderam renda na pandemia, o Senado discute projeto (PL 3.851/2020) que suspende o reajuste de tarifas nas contas de luz durante 2021. A proposta, apresentada pelo senador Rogério Carvalho (PT-SE), prevê que o reajuste de 2021 seja diluído pelos próximos cinco anos, a partir de fevereiro de 2022.

Confira;

Fonte: Agência Senado

Saúde: Senadores manifestam otimismo com vacinação para covid-19 no início de 2021

Ilustração

O Brasil é o segundo país no mundo em casos de covid-19 e já registra mais de 86 mil mortes em decorrência do novo coronavírus. Diante desse cenário, é grande a expectativa e otimismo dos senadores pelo desenvolvimento, em tempo recorde, de uma vacina capaz de imunizar a população a partir do início do ano que vem. A senadora Zenaide Maia (Pros-RN), que também é médica, ressaltou que a comunidade científica tem priorizado o desenvolvimento da vacina. Ela acredita que já em 2021 o mundo terá acesso ao método eficaz de imunização contra a covid-19.

Minha expectativa é de que, no próximo ano, em 2021, tenhamos uma vacina contra a covid-19 que seja para todos, em comum da humanidade, e não só para os países mais ricos. Acredito nisso porque vejo a comunidade científica internacional dando prioridade máxima para o desenvolvimento dessa vacina, inclusive com a participação de cientistas e voluntários brasileiros — disse a senadora à Agência Senado.  Na semana passada, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que 166 vacinas contra o vírus estão em desenvolvimento em todo o mundo e, até a última terça-feira (21), ao menos 24 delas haviam sido registradas em fase clínica, que é a etapa de teste em humanos. Uma das vacinas que está em estágio mais avançado é a da Universidade de Oxford, no Reino Unido, em conjunto com a farmacêutica AstraZeneca. Ela está na fase de testes em humanos, inclusive com aplicação dessa etapa no Brasil. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) firmou parceria com a universidade para produzir a vacina no país.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia