WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I










julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Economia & Negócios’

Economia: Nova gasolina chega aos postos em agosto e deve ser mais cara

O Correio

Toda gasolina vendida no Brasil a partir do próximo dia 3 de agosto terá que seguir novas especificações da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) que visam o melhoramento o rendimento dos veículos. A expectativa, porém, é que o acréscimo na qualidade tenha impacto no preço do combustível. Segundo conta a Folha de S. Paulo, as novas especificações foram definidas pela ANP em janeiro com o objetivo de preencher lacunas na legislação que permitiam a produção ou importação de gasolina de menor qualidade. As novas regras estipulam uma massa específica mínima e um valor mínimo de octanagen RON (sigla em inglês para número de octanas pesquisa).

Na primeira fase das mudanças, que entram em vigor em 3 de agosto, o valor mínimo de RON será 92. Em janeiro de 2022, o número é elevado para 93, mais próximo dos 95 vigentes na maior parte da Europa. Para a gasolina considerada premium, o valor mínimo será de 97 já em agosto deste ano. As mudanças nas especificações eram defendidas pelas montadoras de veículos por facilitar o ajuste dos motores, mas esbarrava nas características do parque de refino da Petrobras. A estatal diz que vem preparando suas refinarias há alguns meses e que hoje todas já produzem seguindo as novas especificações.

Segundo a estatal, a melhora na qualidade vai permitir redução de 4% a 6% no consumo de gasolina por quilômetro rodado, o que poderia compensar o aumento no valor do combustível. A Petrobras diz ainda que a nova especificação da gasolina melhora o desempenho do motor, a dirigibilidade e o tempo de resposta na partida a frio, além de manter aquecimento adequado do motor. A ANP acrescenta que a mudança vai permitir a introdução no país de motores mais eficientes, com menor consumo e menos poluentes. Antes de janeiro, as regras brasileiras não estabeleciam limites mínimos de massa específica nem valor mínimo de RON, o que permitia a importação de gasolinas mais leves.

Economia: Calendário da 3ª parcela do auxílio Emergencial para quem tem Bolsa já pode ser consultado

A Caixa Econômica Federal iniciou nesta quarta-feira (16), o crédito na poupança digital da primeira parcela do Auxílio Emergencial do Governo Federal para 2,4 milhões de beneficiários nascidos de janeiro a junho. Nesta quinta (17), o banco disponibilizou o valor para cerca de 2,5 milhões de beneficiários nascidos de julho a dezembro. O pagamento do benefício, nos valores de R$ 600 a R$ 1.200, segue o calendário habitual do Programa, que vai até o dia 30 de junho. Os primeiros beneficiários são as pessoas que possuem o Número de Identificação Social (NIS) final 1. O recebimento do Auxílio Emergencial é da mesma forma que o benefício regular, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes CAIXA aqui; ou por crédito na conta CAIXA fácil.

Confira:

Quarta-feira (17) – 926.894 pessoas das 1.360.024 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 1

Quinta-feira (18) – 926.557 pessoas das 1.359.786 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 2

Sexta-feira (19) – 923.492 pessoas das 1.357.623 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 3

Segunda-feira (22) – 924.261 pessoas das 1.358.166 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 4

Terça-feira (23) – 922.522 pessoas das 1.356.938 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 5

Quarta-feira (24) – 919.453 pessoas das 1.354.772 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 6

Quinta-feira (25) – 921.061 pessoas das 1.355.907 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 7

Sexta-feira (26) – 917.991 pessoas das 1.353.741 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 8

Segunda-feira (29) – 920.953 pessoas das 1.355.831 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 9

Terça-feira (30) – 918.047 pessoas das 1.353.780 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 0

O calendário de pagamento para os demais beneficiários do Auxílio Emergencial será divulgado em breve pelo Ministério da Cidadania.

Auxílio emergencial: 2ª parcela será paga a partir de segunda-feira, diz presidente da Caixa

G1

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou nesta quinta-feira (14) que a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 será depositada a partir da próxima segunda-feira (18). Segundo Guimarães, o pagamento será escalonado com base na data de nascimento dos beneficiários. O cronograma exato será divulgado nesta sexta (15), às 15h. Nesta quinta, o G1 mostrou que a Caixa completou duas semanas sem liberar novos créditos do auxílio emergencial. O último balanço dos pagamentos divulgado pelo banco, às 12h da terça-feira (13), apontava que haviam sido creditados até então R$ 35,5 bilhões a 50 milhões de brasileiros – mesmos números informados desde 30 de abril.

Primeira parcela pendente

Pedro Guimarães também anunciou que a Caixa pagará, entre sexta (15) e sábado (16), mais um “lote” referente à primeira parcela. Devem ser incluídos, nesse momento, pessoas que tiveram inconsistências no cadastro e, por isso, ainda estavam com o benefício pendente. O presidente da Caixa não informou quantas pessoas serão incluídas nesse pagamento, e nem se haverá novas liberações da primeira parcela do auxílio de R$ 600 nas próximas semanas. Até esta quinta, mesmo quem já recebeu a primeira parcela sem problemas ainda não tinha a confirmação do cronograma. Apenas os trabalhadores que já são beneficiários do Bolsa Família têm data para receber, já que os pagamentos seguem o calendário do Bolsa. Outros milhões de brasileiros ainda aguardam a concessão do benefício, sem saber se – e quando – vão receber.

Conta digital para todos

O presidente da Caixa também afirmou, na live, que o banco vai criar contas digitais para todos os beneficiários do auxílio emergencial. No pagamento da primeira parcela, em abril, a Caixa criou 20 milhões de contas desse tipo, voltadas para quem ainda não tinha conta bancária nem cartão do Cadastro Único do governo federal (CadÚnico) – ou seja, não tinha um meio digital para receber os R$ 600. Os outros 29,7 milhões de beneficiários receberam o dinheiro em contas bancárias que já existiam antes, ou no cartão do Bolsa Família. Agora, segundo Guimarães, mesmo essas pessoas passarão a receber o auxílio em uma conta digital da Caixa.

Assim como o cronograma, os detalhes só serão divulgados na tarde desta sexta. “É muito importante, porque você consegue fazer essa movimentação pelo celular. Isso é uma novidade: nós tínhamos 20 milhões de contas e agora, já para a segunda parcela, teremos 50 milhões de contas digitais”, declarou Pedro Guimarães.

Economia: Senado aprova auxílio de R$ 125 bilhões para estados e municípios

Agencia Senado

O Plenário do Senado aprovou neste sábado (2) o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020), que prestará auxílio financeiro de R$ 125 bilhões a estados e municípios para combate à pandemia da covid-19. O valor inclui repasses diretos e suspensão de dívidas. Foram 79 votos favoráveis e um voto contrário. O tema segue para a Câmara dos Deputados.

O programa vai direcionar R$ 60 bilhões em quatro parcelas mensais, sendo R$ 10 bilhões exclusivamente para ações de saúde e assistência social (R$ 7 bi para os estados e R$ 3 bi para os municípios) e R$ 50 bilhões para uso livre (R$ 30 bi para os estados e R$ 20 bi para os municípios). Além disso, o Distrito Federal receberá uma cota à parte, de R$ 154,6 milhões, em função de não participar do rateio entre os municípios. Esse valor também será remetido em quatro parcelas.

Além dos repasses, os estados e municípios serão beneficiados com a liberação de R$ 49 bilhões através da suspensão e renegociação de dívidas com a União e com bancos públicos e de outros R$ 10,6 bilhões pela renegociação de empréstimos com organismos internacionais, que têm aval da União. Os municípios serão beneficiados, ainda, com a suspensão do pagamento de dívidas previdenciárias que venceriam até o final do ano. Essa medida foi acrescentada ao texto durante a votação, por meio de emenda, e deverá representar um alívio de R$ 5,6 bilhões nas contas das prefeituras. Municípios que tenham regimes próprios de previdência para os seus servidores ficarão dispensados de pagar a contribuição patronal, desde que isso seja autorizado por lei municipal específica.

O auxílio foi aprovado na forma de um texto apresentado pelo relator, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), e que substitui a proposta original enviada pela Câmara (PLP 149/2019). Dessa forma, o Senado, como autor do projeto de lei (PLP 39/2020), terá a palavra final sobre o assunto — ou seja, caso os deputados promovam mudanças, elas terão que ser confirmadas pelos senadores.

Fonte: Agência Senado

Publicidade: Se profissionalize nessa quarentena: Na ‘Capacitação & Cia’ agora você pode estudar inglês 100% on-line

*Publicidade

Se capacitar nunca se tornou tão fácil! A escola Capacitação & Cia está com grandes novidades em cursos profissionalizantes. Agora, o curso de inglês, que era tão esperado, está disponível para você, separado em três modalidades – do básico ao avançado -, sendo 100% on-line; você estuda no conforto do seu lar.

Temos total suporte presencial para ter acesso a todo material didático que já é incluso nas mensalidades. Oferecemos os professores mais bem preparados da micro-região e o preço mais acessível do mercado.

Na Capacitação & Cia seu sonho de falar fluentemente a língua mais falada no mundo agora é possível!

Venha ser Capacitação & Cia você também! São mais de 10 anos transformando a vida de nossos alunos!

Endereço: Rua 7 de Setembro, 116, no Centro (próximo ao ponto das vans/saída para Nova Canaã);

Telefones: 77 98851-3131, 98117-1079 e 98827-1928.

Economia: Ambulantes apostam em vendas de máscaras para driblar crise na pandemia

O Correio

Fazer de um problema, uma solução. Assim fez o comerciante Emerson Fernandes, 43 anos, após fechar a sua banca de revistas dentro de um hospital por causa da pandemia do novo coronavírus em Salvador. Aproveitando que a busca por máscaras aumentou, ele passou a investir neste ramo. Um decreto assinado pelo prefeito ACM Neto já obriga os supermercados a fornecerem máscaras para todos os seus funcionários, mas a partir desta quinta-feira (23) a gestão municipal orienta que clientes também frequentem estes espaços com a proteção no rosto.

Antes mesmo da orientação entrar em vigor, neste feriado de Tiradentes (21), já tinha estabelecimentos endurecendo as medidas de combate ao vírus e obrigando os clientes a usarem os equipamentos de proteção. Ao saber disso, Emerson aproveitou o feriado de Tiradentes, celebrado nesta terça (21) e foi até um desses mercados, o Mix Opção, no bairro de Costa Azul, para vender as máscaras. “Vi a oportunidade de não sair com tanto prejuízo. Apostei e está dando certo. As pessoas estão sendo impedidas de entrar sem máscaras para fazer compras e vêm até mim, aí faço um preço bacana”, disse ele, que estava dentro de seu carro, que funciona como uma loja – nos vidros havia cartazes anunciando a promoção: três máscaras por R$ 10.

Emerson disse que começou a trabalhar às 8h e, apenas duas horas depois, já tinha vendido 10 kits, sendo cinco deles para pessoas que foram impedidas de entrar no Mix Opção. “Tinha um grupo querendo entrar, mas funcionários não deixaram. Eles estão bem rigorosos com isso. Então, algumas pessoas foram embora, outras compraram em minha mão. Não é um dinheiro que vai resolver os meus problemas, afinal, tive um prejuízo de R$ 4 mil com a banca fechada, mas pelo menos o dinheiro vai dar para pagar algumas contas”, disse ele ao CORREIO.

Durante entrevista, uma cliente comprou dois kits com Emerson antes de seguir para o supermercado. “Realmente temos que nos proteger e qualquer lugar hoje faz medo se estivermos sem as máscaras. Estou aproveitando para comprar e levar também para a família toda”, declarou a aposentada Maria Conceição dos Santos, 63.  Já com a máscara no rosto, a aposentada passou tranquilamente pelos seguranças e foi abordada somente por um outro funcionário, que lhe ofereceu álcool em gel. Mas nem todo mundo concorda com atitude do mercado. “Há poucos instantes um homem quis brigar porque queria entrar de qualquer jeito sem a máscara. Foi preciso reforçar a segurança para que ele desistisse e fosse embora”, contou o chefe da fiscalização da loja, Cláudio Márcio Matos Brandão.

Na região da Suburbana, o CORREIO encontrou também mercados permitindo a entrada de clientes somente com uso de máscaras. Assim como Emerson, outras pessoas aproveitavam aoportunidade para garantir uma graninha extra. Em Periperi, na porta de um mercadinho, um ambulante anunciava: “Vendo máscaras, preço bom. Tem de R$ 4 e R$ 2”. Abordado pelo CORREIO, ele justificou os valores. “As de R$ 4 são as de algodão. As outras são mais baratas porque o tecido é mais fino e, por incrível que pareça, é a que vende mais, porque as compram apenas para entrar no mercado, que proíbem o acesso de quem está sem a máscara”, explicou Maicon Alves dos Santos, 34.

Em Paripe, a microempresária Geise Maria Conceição Oliveira, 35, montou uma banca para vender máscaras em frente ao supermercado Atacadão Rede Mix. Dona de um salão de beleza e de uma loja de roupas femininas no bairro, encontrou na venda do item de proteção contra à covid-19 a chance de minimizar o prejuízo. “Estou com os meus dois estabelecimentos fechados e a fiscalização está forte. Não tive outro jeito. Preciso ganhar dinheiro e graças a Deus está dando pelo menos para garantir o que comer. Montei a banca na frente do mercado e está dando certo. Geralmente quem está comprando na minha mão, usa a máscara para ir ao mercado”, disse ela, que vende três unidades por R$ 15.

Brasil: Ministério da Saúde libera mais R$ 4 bilhões para ações nos estados e municípios

*Com informações da Agência Brasil

O Ministério da Saúde liberou mais R$ 4 bilhões a estados e municípios para ações de combate à covid-19. O valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações e serviços relacionados à saúde e pode ser utilizado para compra de materiais e insumos, abrir novos leitos e custear profissionais. A Portaria nº 774/2020 com a liberação foi publicada quinta-feira (9) em edição extra do Diário Oficial da União. O valor corresponde a uma parcela mensal extra do que cada estado ou município já recebe para ações de média e alta complexidade ou atenção primária.

Em mensagem nas redes sociais, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, disse que os recursos já foram depositados nas contas dos fundos estaduais e municipais de saúde. “A gente acha que, com isso, eles [os gestores de saúde] podem adquirir os equipamentos de proteção individual (EPIs) que a gente começa a trazer da China. Está começando o mercado chinês a se organizar, estamos conseguindo trazer”, disse.

De acordo com o ministro, a primeira carga com 40 milhões de máscaras vinda da China, de uma compra de 240 milhões de máscaras, deve chegar ao país na terça-feira (14). O esforço da equipe do Ministério da Saúde é de trazer 40 milhões por semana. “Com isso a gente pacifica o mercado brasileiro. E isso, doravante pacificado, a gente já repassa os recursos para que os estados e municípios comprem, a iniciativa privada já está comprando. O mercado está começando a se normalizar, o de EPIs”, explicou o ministro.

Já sobre os respiradores, Mandetta disse que ainda há dificuldade. Segundo ele, foi feito uma acordo com a indústria nacional para elevar de 800 para 15 mil a produção de respiradores mecânicos em 90 dias. O ministro da Saúde reforçou a orientação da pasta para manter o isolamento social. De acordo com Mandetta, na próxima semana “vamos colher os frutos da difícil redução da mobilidade social”, determinada por estados e municípios nas últimas duas semanas. “Hoje eu vi que o pessoal começou a andar mais, vamos pagar esse preço ali na frente. Esse vírus adora aglomeração, adora contato, adora que as pessoas achem que ele é inofensivo. E aí, as cidades podem pegar a transmissão sustentada [ou comunitária]”, ressaltou.

Conquista: Mesmo com 5 casos de COVID19 positivo, prefeito libera funcionamento do comércio

*Rodrigo Ferraz

Desde que os primeiros casos suspeitos de coronavírus surgiram em Vitória da Conquista, várias medidas de prevenção foram adotadas pela Prefeitura através de Decretos Municipais. As decisões, tomadas em diálogo com entidades representativas de diversos setores, levam em consideração, primeiramente, a proteção da população.  Na manhã de hoje (05), o prefeito Herzem Gusmão assinou o Decreto 20.246 que dispõe das seguintes medidas temporárias de prevenção ao contágio:

  • Renovação por mais 30 dias da suspensão das aulas da Rede Municipal de Educação e das Instituições Privadas de Ensino, inclusive as de ensino superior;
  • Renovação por mais 07 dias do fechamento temporário de todos os Shopping Centers, galerias e afins (somente o funcionamento de mercados, supermercados e farmácias localizados no interior estão autorizados a funcionar);
  • Os escritórios e demais locais de prestação de serviço poderão funcionar durante este período, desde que não estejam em Shopping ou Galerias, e que a atividade exercida não envolva contato físico direto com o cliente ou aglomeração de pessoas;
  • As empresas do setor Industrial do município poderão funcionar devendo observar, no que couber, os protocolos de segurança e enfrentamento ao Covid-19;
  • Suspensão, pelo prazo de 07 dias, de visita aos cemitérios do município, ficando permitido somente os sepultamentos com número máximo de 10 (dez) pessoas.
  • Prorrogação, pelo prazo de mais 07 dias, do Regime Excepcional de Teletrabalho para serviços essenciais no âmbito da Administração Pública do município de Vitória da Conquista, nos termos do Decreto 20.203, de 23 de março de 2020.
  • Horário excepcional de funcionamento do comércio pelo período de 7 dias. O funcionamento se dará em horário parcial, mediante distribuição das atividades em dois blocos que se revezarão diariamente entre os turnos da manhã e da tarde, evitando a grande circulação de pessoas. Os dias de sábado e domingo vão ficar reservados para as feiras livres e demais atividades essenciais.

Comunicado: Tamoio Loteamentos comunica que por medidas de prevenção a pandemia do COVID19, os escritórios estão fechados

Imagem: Reprodução

Como prevenção à pandemia mundial do Coronavírus (COVID-19), a Tamoio Loteamentos comunica que os nossos escritórios de vendas localizados nas cidades de Vitória da Conquista e Poções estarão fechados. Os atendimentos ao público serão realizados online, através de nossa Central de Atendimento via Whatsapp.

Vitória da Conquista: 77 98121-7200

Poções: 77 98124-3010

Da mesma forma, todas compras serão feitas via WhatsApp. Já os pagamentos poderão ser feitos por meio dos bancos digitais.

A medida está sendo tomada como cautela para a preservação e bem-estar de todos. Se cuidem!

Tamoio Loteamentos

Economia: Empresários paulistas estudam instalar indústria de alimentos em Poções

Foto: Reprodução

Na semana passada, o prefeito Leandro Mascarenhas recebeu a visita dos diretores da NutryVitta, Marcelo e Maurício Mussolino.

A empresa, que tem sede no estado de São Paulo, estuda a possibilidade de instalar uma indústria de alimentos e derivados da banana em Poções, no início de 2021.

“Sem dúvida, a melhor notícia é que a iniciativa deve gerar até 500 empregos diretos, além de fomentar a agricultura familiar do nosso município e cidades vizinhas. Quero agradecer ao empresário poçoense, Alex Carvalho, que realizou a nossa intermediação com os diretores da NutryVitta. Tenho certeza que com esta iniciativa o município será destaque na geração de emprego. Meu compromisso é seguir gerando emprego e renda para todos, e também buscando o desenvolvimento econômico de Poções. Podem contar o nosso apoio!”, destaca o prefeito Léo.

DECOM-PMP



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia