WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I












janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 21/jan/2021 . 19:45

Cultura: Filme poçoense é destaque na edição do Jornal A Tarde; Rogério Sagui está entre os diretores que poderá ser premiado

Blog Panorama Geral / A Tarde

Um filme gravado no sertão do sudoeste baiano, mais precisamente no município de Poções, foi destaque na edição de um dos maiores jornais de grande circulação no estado, estamos falando do filme “Rosa Tirana” dirigido pelo cineasta poçoense Rogério Sagui.  Acompanhe a matéria;

Em meio à pandemia de covid-19, a tradicional Mostra de Cinema de Tiradentes terá sua 24ª edição realizada de forma predominantemente virtual, com apenas ações pontuais na cidade histórica mineira. A programação do evento, que começa amanhã, 22, e vai até o dia 30, foi divulgada na semana passada e é totalmente gratuita. Entre os selecionados estão seis filmes baianos: ‘Açucena’, de Isaac Donato, ‘Rosa Tirana’, de Rogério Sagui, ‘Eu, Empresa’, de Leon Sampaio e Marcus Curvelo, ‘Voltei’, de de Ary Rosa e Glenda Nicácio, ‘Negro em Mim’, de Macca Ramos, e ‘Swingueira’, de Bruno Xavier, Roger Pires, Yargo Gurjão e Felipe de Paula.

Blog Panorama Geral / A Tarde

Os filmes poderão ser assistidos por meio do site do evento, onde também já é possível conferir as datas de exibição e as sinopses. Nos debates, um dos temas que estará em evidência diz respeito aos impactos da pandemia do novo coronavírus no cinema, a começar pela reflexão sobre a própria produção do evento. A programação online, experimento inédito na história da mostra, poderá servir de base inclusive para se repensar o modelo dos próximos anos.

O coordenador curatorial do evento, Francis Vogner, acredita que o online está vindo para ficar. “Ainda iremos discutir as próximas edições, mas acho que caminharemos pra um modelo híbrido. O presencial é fundamental, porque oferece uma experiência particular de vivenciar o festival. Mas acredito que o formato virtual tende a se estabelecer também. Pelo menos em parte da programação, porque é a oportunidade de alcançar novos públicos. Há pessoas que querem estar em Tiradentes, mas às vezes não têm essa oportunidade. Isso nunca havia sido feito em nenhum dos grandes festivais no Brasil. E agora estamos sendo obrigados pela realidade a pensar sobre esse formato”.

Blog Panorama Geral / A Tarde

A opção inédita pelo online também foi feita por outros eventos que são referência no calendário cinematográfico brasileiro, como o Festival de Gramado, em setembro do ano passado, e o Festival de Brasília, que ocorreu há pouco menos de um mês. A Universo Produções, que organiza a Mostra de Tiradentes, também adotou o modelo em eventos que organizou no segundo semestre de 2020: as mostras de Ouro Preto (CineOP) e de Belo Horizonte (CineBH).

De acordo com Raquel Hallak, diretora da produtora e coordenadora geral dos três eventos, a aposta na edição virtual parte da compreensão de que assegurar a realização dos festivais se tornou ainda mais importante, em meio a um contexto onde os filmes enfrentam dificuldades de acesso a recursos financeiros devido à paralisação de editais públicos e têm menos espaços para visibilidade. Seria uma forma de garantir a circulação das obras, diante da quarentena do público e da interrupção do funcionamento de muitas salas de cinema no país.

Blog Panorama Geral / A Tarde

“O online tem o potencial de ampliar o alcance do evento. Deixa de ter uma restrição geográfica para acessar o conteúdo. É uma oportunidade de levar produções recentes do cinema brasileiro a todos os cantos do país, e também a outros países. É também uma forma de democratização, até porque há filmes que muitas vezes não chegam ao circuito comercial, mesmo em um contexto normal. Então, será uma forma de mais pessoas conhecerem os realizadores”, avalia Hallak. Segundo ela, o que será levado ao público é um recorte da produção cinematográfica brasileira de um período muito peculiar.

:: LEIA MAIS »

Crise: Rodoviários de Feira ameaçam voltar a parar se atrasos continuarem

Blog Panorama Geral / Fonte: A tarde

Após os rodoviários do transporte público de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, paralisarem as atividades na manhã desta quinta-feira, 21, por salários atrasados, a categoria afirma que pode voltar a cruzar os braças e permanecer nas garagens caso se as empresas de ônibus não efetuarem o pagamento do salário atrasado até a próxima segunda-feira, 25.

Segundo o portal Acorda Cidade, rodoviários decidiram retornar às atividades no final da manhã de quinta, apesar do pagamento não ter sido regularizado, como um “voto de confiança” nos empresários. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários do município, cerca de 650 rodoviários aderiram à paralisação, nas duas empresas que circulam na cidade.

Cerca de 100 mil pessoas usam o transporte público todos os dias. A prefeitura de Feira de Santana informou que está acompanhando a situação e que providenciou transporte temporário para à população, com a disponibilização de 103 vans do Sistema Alternativo e Complementar (STPAC).

Em nota, o Governo Municipal disse que segue tratando sobre o assunto a fim de restabelecer os serviços do Sistema Integrado de Transporte (SIT) e do Bus Rapid Transit (BRT). A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) também afirmou que na zona rural o transporte não foi afetado.

Ônibus retirados de Feira

O diretor do Sindicato dos Rodoviários, Cleomar Cesário, relatou que 25 ônibus da empresa Rosa foram retirados de Feira de Santana e levados para operar o serviço de transporte no município de Vitória da Conquista. Segundo ele, 25 ônibus da empresa São João foram levados para São Paulo para serem reformados.

O secretário municipal de comunicação, Edson Borges, informou ao Acorda Cidade que o governo foi surpreendido com uma ação do sindicato que bloqueou a saída dos ônibus urbanos. Segundo ele, a prefeitura já está tomando uma providência imediata de colocar em circulação na cidade o transporte alternativo para que a comunidade não seja prejudicada.

Poções: Morre a professora Maria Rita Magalhães vítima de complicações da covid-19

Reportagem: Blog Panorama Geral / Foto: Facebook

É com pesar que noticiamos o falecimento da professora Maria Rita Curvelo Magalhães, idade não revelada, vítima de complicações do novo coronavirus (COVID-19). Tia Maita como assim era conhecida e querida por todos veio a óbito nesta quinta-feira, 21 de janeiro na cidade de Vitoria da Conquista onde a mesma permanecia internada a varios dias.

De acordo com informações colhidas por nossa reportagem, o esposo de Maria Rita, também foi diagnosticado com o vírus mais já foi curado, a professora deixa esposo, filhos e netos.

Em nota, APLB – Poções emitiu uma nota em sua página no Facebook falando sobre a trajetória da professora tão querida que perdeu a guerra contra o covid-19.

 Confira;

“O que dizer quando temos que nos despedir de alguém que marcou a nossa vida? Morador de Poções que estudou aqui entre os anos 70 e 90 com certeza tem alguma lembrança dela. Bonita, elegante, rígida, mas amorosa, cuidadosa e muito inteligente. Durante décadas ela nos ensinou e encantou. E eis que na plenitude dos seus anos, ativa, feliz, bem humorada, cercada de pessoas amadas, ela parte. Vitima desse vírus que tem deixado tanta gente triste, tanta família despedaçada. Lamentamos profundamente ter que dizer adeus à colega, à mestra, à amiga Maíta. Seus ensinamentos, seus puxões de orelha, seu sorriso e sua alegria permanecerão em nós!

Obrigada professora!”

Bahia: Garota é encontrada enforcada e o companheiro morto a facadas

Blog Panorama Geral / Fonte: www.vitoriadaconquistanoticias.com.br/

Dois corpos foram encontrados na manhã desta quarta-feira (20), no povoado Santo Agostinho em Pé de Serra, município da Bacia do Jacuípe e posteriormente identificados como sendo do casal Jeovan Silva da Mata, 23 anos, conhecido como “Jeovan Aboiador” e de Letícia Reis Souza, 15.

A jovem que seria companheira de Jeovan foi encontrada pendurada pelo pescoço dentro de casa pela guarnição da PM. A primeira hipótese foi de suicídio, mas deve ter também outra linha de investigação quando a mesma guarnição encontrou o corpo de Jeovan, com perfurações em decorrência de um possível ataque com arma branca. De acordo com a Polícia Militar, a equipe da Delegacia Territorial (DT) de Pé de Serra realizou levantamento cadavérico e instaurou inquérito para apurar autoria e motivação dos crimes.

Apesar de Letícia ser menor de idade, ela vivia em união estável com Jeovan. Conforme apurado pelo Vitoria da Conquista Notícias junto ao portal Calila, o casal já esteve envolvido em inquérito policial de estupro de vulnerável por terem supostamente iniciado relações sexuais antes da jovem completar 14 anos, porém conviviam desde então. Investigações preliminares descobriram boatos de que a ela estaria mantendo um outro relacionamento, com um homem ainda não identificado. Esse homem é suspeito de ser o autor do crime, mas isso ainda não foi confirmado por pessoas próximas às vítimas.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia