WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I












janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 5/jan/2021 . 20:42

Economia: Bolsonaro cogita prorrogar Auxílio Emergencial em 2021

*Blog Panorama Geral / Fonte: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro já considera fato consumado a prorrogação do auxílio emergencial por seis meses, contrariando recomendações da área econômica do governo. Bolsonaro deixou claro em conversas ao telefone, nos últimos dias, que gosta da ideia. Ele sabe que o repique do convid-19 deixou o fim da pandemia ainda mais distante e que o governo terá de ajudar os brasileiros que precisam desse suporte financeiro. Para o presidente, o Congresso vai aprovar a prorrogação já em fevereiro. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O presidente gosta da ideia de prorrogar o auxílio emergencial porque sabe que sua popularidade será “turbinada” novamente. Ele não está preocupado com a “paternidade” da prorrogação do auxílio. O povo sempre será grato a quem paga o benefício, isto é, o governo.  Para o especialista Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas, a prorrogação do auxílio será determinante na reeleição de Bolsonaro. Bolsonaro terminou o ano pandêmico de 2020 com a popularidade maior que a de 2019, e isso tem a ver com o auxílio pago aos mais pobres.

 

Brasil: ‘Ou o pais entra num lockdown, ou não daremos conta de enterrar nossos mortos em 2021’, diz Miguel Nicolelis

Blog Panorama Geral / Fonte: O Correio

O neurocientista e coordenador científico do consórcio Nordeste, Miguel Nicolelis, foi contundente em postagens feitas em seu perfil no Twiiter, na segunda-feira (4). “O Brasil precisa criar uma Comissão de Salvação Nacional para ontem. Passamos de todos limites aceitáveis de estupidez. Estamos correndo o risco de entrar em colapso sanitário, social e econômico em 2021. O Brasil está na UTI e o diagnóstico é falência terminal de múltiplos órgãos”, escreveu. “Acabou. A equação brasileira é a seguinte: ou o pais entra num lockdown nacional imediatamente, ou não daremos conta de enterrar os nossos mortos em 2021”, acrescento em seguida.

As palavras fortes são reflexo de um cenário cada vez mais complexo em diversos estados do país que veem a contaminação pelo novocoronavírus crescer exponencialmente. Nesta terça-feira (5), em entrevista a TV Bahia, Nicolelis reafirmou a necessidade de medidas mais rígidas no país. “Eu acho que o lockdown deve começar de forma imediata. Porque nós estamos em uma situação muito parecida com o que está acontecendo na Inglaterra nesse momento. […]. A os dados hoje de manhã, novamente, das nove capitais do Nordeste, oito estão com tendência de subida, três já estão com uma velocidade de crescimento maior do que da primeira onda, e outras três estão com a mesma velocidade de subida que nós víamos em março e abril. Então, a situação é absolutamente crítica”, avaliou.

Ainda durante a entrevista, o coordenador científico do consórcio Nordeste afirmou que o país precisa de “uma coordenação nacional, especialmente no que tange a questão do plano de vacinação para o país”.

Sobre a capital baiana, Nicolelis avaliou um cenário com tendência de crescimento de casos. “A derivada nesse momento, a velocidade de crescimento ainda não é maior do que a da primeira onda, mas ela tem a possibilidade de ser. Mas, em Recife, Fortaleza, Aracaju, nós já temos essa tendência. E todas essas capitais são conectadas com a Bahia. Então, se você deixar escapar uma região, um estado, por causa da alta comunicação rodoviária, aeroviária e o fluxo de pessoas, as outras regiões também vão receber casos e vão entrar em situação de colapso”, falou.

Já com relação à vacina, o neurocientista lembrou que ela ainda é incerta no Brasil. “Nesse momento é apenas uma expectativa a vacinação. Nós ainda nem temos definidas as vacinas, nós estamos com problemas de insumos básicos para uma campanha de vacinação, como seringas e agulhas. Então, é uma questão extremamente grave”, disse durante a entrevista para a TV Bahia. Ele fez questão de explicar que a imunização não garante o fim imediato da pandemia. “As pessoas estão achando que a vacinação resolve o problema imediatamente e não é isso. Se nós continuarmos nos aglomerando, se nós continuarmos a ter pessoas se aglomerando sem máscaras em pelo litoral brasileiro, ainda mais no verão brasileiro, que atrai turistas do mundo todo, nós vamos continuar a ter explosão de casos e surtos espalhados pelo Nordeste e pelo Brasil”, pontuou.

Bahia: Rodovias registram queda de 46% em acidentes em Operação de Revéillon

Blog Panorama Geral / Fonte: BN

O sistema de rodovias BA-093, que interliga diversos municípios na região metropolitana, recebeu mais de 294 mil veículos na via, durante o feriado prolongado de réveillon, de acordo com a Concessionária Bahia Norte (CBN). A Operação de Réveillon não registrou vítimas fatais, além de uma queda de 46% no número de acidentes, quando comparado ao mesmo período no ano passado.

Nesta semana, o Sistema BA-093, recebe diversas intervenções para manutenção e melhoria das vias. Entre as obras realizadas, está a instalação de sinalização vertical, parte do Programa de Redução de Acidentes nas rodovia BA524, km 17 e km 18 e BA521, km 02 e 05. Já a BA 526 e BA 535, receberão revitalização da sinalização horizontal por todo o trecho.

Ainda na BA535 será iniciada manutenção no km 18, trecho onde está localizado a ponte sobre o Rio Joanes. A obra deve ocorrer durante toda semana e merece atenção especial dos usuários à sinalização no local. A BA093 passará por atividade de recuperação geotécnica de talude, nos km 2 e 7. Todos os locais em manutenção estarão sinalizados. No entanto, a concessionária aconselha os condutores que redobrem a atenção ao passar pelos trechos.

Política: Bruno Reis prevê atuação conjunta com Rui Costa mas critica Consórcio Nordeste: ‘Muito radicais’

Blog Panorama Geral / Fonte A tarde

Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, 5, durante entrega da Lagoa dos Dinossauros no bairro do Stiep, o prefeito Bruno Reis (DEM) afirmou a sua intenção de agir conjuntamente com o governador Rui Costa (PT), com quem terá reunião nesta semana, para o enfrentamento da pandemia. Entretanto, o democrata deixou claro que não seguirá as orientações do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, coordenado pelo cientista Miguel Nicolelis, as quais definiu como “radicais demais”.

O Consórcio Nordeste, presidido pelo governador do Piauí Wellington Dias (PT), não emitiu parecer oficial nos últimos dias sobre a pandemia porém o cientista e coordenador do comitê científico do grupo, Miguel Nicolelis, usou uma rede social para pedir por medidas mais restritivas em todo o país. “Acabou. A equação brasileira é a seguinte: Ou o país entra num lockdown nacional imediatamente, ou não daremos conta de enterrar os nossos mortos em 2021”, postou.

O gestor soteropolitano condenou o posicionamento. “Com todo respeito ao Consórcio Nordeste, mas as posições deles desde o início da pandemia sempre foram mais radicais do que a média das opiniões de outros cientistas e institutos envolvidos. Muita calma nessa hora. Não tenham dúvidas que vou sentar com o governador e que o meu desejo é continuar adotando as medidas em conjunto, não muda nada com o que vinha sendo adotada com o prefeito ACM Neto”, afirmou.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia