A Tarde

Diante do aumento do número de casos de Covid-19, o presidente da Câmara de Vereadores de Jaguaquara, Raimundo Louzado, afirmou que o município precisa de ampliação na estrutura pública de Saúde. O parlamentar, em entrevista à Rádio Povo FM, criticou a atuação do prefeito Giuliano Martinelli em relação ao combate da pandemia do Corononavírus na cidade.

“Acompanhamos uma conversa do prefeito com governador Rui Costa e o secretário Fábio Vilas Boas, na rede social, e o governador estava propondo o funcionamento da UPA. Aproveitamos o momento para pedir ao governador que faça essa interferência, porque, se depender do prefeito, ela não vai funcionar. O próprio governador já se comprometeu e o que precisa é agilidade nas ações”, declarou o presidente da Câmara.

O vereador disse, ainda, que com o Hospital Municipal de Jaguaquara fechado para obras e sem o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a cidade está em situação de emergência. “Não temos local para acolher os pacientes acometidos pelo Coronavírus, pois não temos atendimento com respirador. Cuidar da saúde é mais importante”.

Jaguaquara registra 54 casos confirmados de COVID-19, conforme o último Boletim Epidemiológico do Coronavírus, divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB).