WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farmacia perfumaria abaete I










junho 2020
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

:: 18/jun/2020 . 19:34

Iguaí: Secretário de Agricultura entrega pasta e declara apoio a Dr. Rafael Moura, pré candidato a prefeito

Foto; Reprodução

O secretário de Agricultura do município de Iguaí, Juarez Dias (Juarez Burinha), entregou o cargo ao prefeito Rony Moitinho para apoiar o pré candidato a prefeito do município, no pleito 2020, Dr. Rafael Moura. Juarez Dias participou na noite desta quinta-feira, 18 de Junho, da Live do comunicador Vando Moreno [em seu perfil no Facebook], onde o Dr. Rafael expressou boas vindas ao companheiro Juarez “Só tenho agradecer o apoio deste grande homem à nossa caminhada. Tenho o enorme prazer em receber o apoio de meu amigo Juarez Dias”, pontou Rafael.

Juarez Dias, ou Burinha, como assim é conhecido por todos, expressou completa insatisfação com atual administração pública do município de Iguaí. “Sentimos que nosso povo clama por mudança! É no meio da crise que se conhece um amigo”, expressou Juarez. “Vejo no jovem Dr. Rafael a força de vivermos dias melhores”, finalizou o ex secretário de Agricultura no governo do prefeito Rony.

Itagibá: Dalila Aguiar fala de sua pré candidatura a prefeita e apresenta projetos inovadores para o desenvolvimento do município

“Eu só quero que as pessoas me deem a oportunidade de fazer a diferença”, diz Dalila, pré-candidata a prefeita de Itagibá.

Na política, ela sempre foi uma técnica. Graduada em enfermagem pela Faculdade de Tecnologia e Ciências de Jequié, em 2008, ela emprestou suas habilidades as gestões de saúde do ex-prefeito Marcos Barreto (PP) e do atual prefeito Gilson Fonseca (DEM). Isso, por nove consecutivos anos, até ser recrutada pelo prefeito de Boa Nova, Adonias Rocha, para ser a sua secretária de Saúde. Agora, a técnica volta a Itagibá como política. Ingressou no PSD, do senador Otto Alencar, e está pré-candidata a prefeita de sua terra: a primeira mulher, na história do município, a postular a chefia do executivo. Esteve ontem, 17, na bancada da 2D, no Programa Visão, na sabatina de Gil Pereira e Nailton Borges.

É casada com Aquim Barbosa Passos. Da união, surgiram Ana Júlia Lima Passos (nove anos) e Cicilia Lima Aguiar Passos (quatro anos).

Aos 34 anos, completados no último dia 23 de dezembro, Dalila Lima Aguiar acredita que pode fazer com que o cabo de guerra, dos pelotões de choque de Gilson Fonseca e Marquinhos, arrebente para os dois lados, promovendo a ruptura histórica de um ciclo que ela chama de tira um e bota o outro. “O povo já não quer mais isso”, aposta.

Gilson Fonseca reivindica a coroa de um sexto mandato. Marquinhos Barreto entende que é credor de uma segunda chance e o povo de Itagibá pode acreditar que ele é capaz de fazer, nos próximos quatro anos, o que não foi capaz de realizar de 2012 a 2016, quando esteve prefeito e teve a reeleição perdida para Gilson Fonseca. Os dois são tradicionais disputadores de eleição. Marquinhos esteve em três e perdeu duas. Gilson esteve em seis e ganhou cinco.

É enfermeira desde 2008

Como principais credenciais a seu postulado, Dalila exibe a condição de cuidadora de pessoas e de conhecer profundamente os problemas de Itagibá e seu  povo. “Passei quase 10 anos trabalhando em Itagibá, na área de saúde,  e isso me fez conhecer um município como um todo. Estive presente em todas as localidades”, argumenta. “A gente percebeu, em Itagibá, que é preciso cuidar das pessoas, é o que gente sabe”, assegura a filha do casal Aroldo Aguiar de Souza e Maria Otília Lima Aguiar.  O pai, conta Dalila, conhecido Aroldão, ainda vende leite na cidade. A mãe, a professora Tilinha, também teve um bar em Itagibá, por durante muito tempo.

“Quando a gente sai das quatro paredes de uma unidade de saúde e parte pra campo, a gente sabe realmente do que as pessoas precisam”,  relata Dalila. E foi nessa ótica, que ela exibe outra credencial. Desincompatibilizou-se do posto de Secretaria de Saúde de Boa Nova sem ter deixado um único caso de Covid-19 de legado para o sucessor

Não deixou casos de Covid-19 para seu sucessor em Boa Nova.

E narra às justificativas do sucesso, das suas ações a frente da saúde de Boa Nova. “Gostamos de gente, este foi o nosso mérito. Cuidamos de pacientes como se fossem um ente querido nosso”, assegura.

Dalila enumera que sua gestão informatizou todas as unidades de saúde, melhorou a qualidade do serviço, a ambiência e a estrutura e atendimento. “Organizamos um sistema de telemedicina. As pessoas iam às unidades realmente quando precisavam, para evitar sair de casa. Ir,  só se fosse urgente. Recebiam todas as orientações em casa, pelos agentes de saúde”, lista a pré-candidata, como um dos feitos justificadores do sucesso no enfretamento ao Covid-19.

Assista a oportuna entrevista com ela:

Dalila Aguiar, pré-candidata a prefeitura de Itagibá

Dalila Aguiar, pré-candidata a prefeitura de ItagibáPowered by Restream https://restream.io/

Publicado por Rede2d em Quarta-feira, 17 de junho de 2020

Boa Nova: Novo decreto proíbe a queima de fogueiras e fogos de artifício no município

*Sudoeste Times

Na manhã dessa quinta-feira (18),a Prefeitura Municipal de Boa Nova divulgou em sua página oficial um novo decreto,com medidas de prevenção ao Covid-19. Dentre as novas medidas,o decreto proíbe a comercialização e queima de fogueiras,assim como a queima de fogos de artifício de qualquer natureza em espaços públicos ou privados do município.

A fiscalização ficará por conta da Secretaria Municipal de Saúde e Guarda Municipal,podendo solicitar o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil,em caso de descumprimento do decreto.
Confira o decreto completo no link abaixo:
https://www.boanova.ba.gov.br/Handler.ashx?f=diario&query=1820&c=87&m=0

Inusitado: Homem picha muro de casa para avisar que não quer visitas durante pandemia

BN

O motorista Lincoln Pereira Miranda, de 65 anos, precisou pichar a fachada e a porta da casa onde vive com a mãe, uma idosa de 87 anos, em Bela Vista de Goiás, na Região Metropolitana da capital, para pedir que parentes e amigos não os visite durante a pandemia.

“Não recebemos visitas de ninguém, principalmente de parentes. Amo todos, mas só depois da pandemia”, escreveu o homem.

Ao G1, Lincoln contou que mesmo com o avanço do coronavírus, os parentes continuavam indo em sua casa, e o deixou preocupado. “O pessoal não tem ‘desconfiômetro’ e continua vindo. Aí, tive a ideia de pichar e fazer aquele ‘escândalo’ na porta de casa para ver se as pessoas desconfiam e esperam acabar a pandemia para voltar na casa da gente”, diz.

Ele contou que após escrever o recado da parede, há quatro dias, não recebeu mais visitas.

Feira de Santana: MP pede explicações técnicas ao prefeito para flexibilização da abertura do comércio

Bocão News

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, terá que informar tecnicamente ao Ministério Público estadual o que motivou a flexibilização das medidas restritivas ao comércio local. O promotor de Justiça Audo Rodrigues encaminhou ofício ao prefeito, na quarta-feira (17), e solicitou, que no prazo de 72 horas, seja enviado ao MP relatório, laudo técnico ou estudo equivalente, que tenha sido utilizado como base para a flexibilização prevista em decreto publicado na segunda-feira (15).

“Em que pese o avanço de todos os índices relativos à Covid-19 no Município – inclusive aqueles utilizados pelo Poder Público como norteadores das decisões de políticas públicas – as restrições de abertura do comércio foram flexibilizadas”, registra Audo Rodrigues.

Ele solicitou ue seja informada, ainda, a taxa semanal do aumento do número de casos registrados no município, nos últimos 30 dias; a taxa semanal do número de mortes por covid-19 nos últimos 30 dias; a taxa de letalidade da doença na cidade; a prevalência da doença na população local; o grau de isolamento social no município, organizado semanalmente, desde março; a taxa de aumento dos casos suspeitos, organizada semanalmente, desde março deste ano; e a taxa de ocupação de leitos de UTI destinados à Covid-19 no Município.

O promotor de Justiça também encaminhou ofício à Vigilância Epidemiológica Municipal, solicitando que, no prazo de três dias, apresente pronunciamento acerca das eventuais consequências, do ponto de vista epidemiológico, da flexibilização de abertura do comércio. Além disso, oficiou a Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), dando ciência do Decreto Municipal nº 11.606 de 15 de junho de 2020, e lhe facultando emitir pronunciamento acerca da medida, diante do atual contexto epidemiológico, encaminhando dados técnicos que respaldem o posicionamento adotado; e a Diretoria de Regulação de Assistência à Saúde (Direg) solicitando que, em três dias, informe o número de pacientes oriundos de Feira de Santana regulados para leitos de UTI destinados à Covid-19 localizados fora de sua micro, por indisponibilidade em sua rede.

Economia: Calendário da 3ª parcela do auxílio Emergencial para quem tem Bolsa já pode ser consultado

A Caixa Econômica Federal iniciou nesta quarta-feira (16), o crédito na poupança digital da primeira parcela do Auxílio Emergencial do Governo Federal para 2,4 milhões de beneficiários nascidos de janeiro a junho. Nesta quinta (17), o banco disponibilizou o valor para cerca de 2,5 milhões de beneficiários nascidos de julho a dezembro. O pagamento do benefício, nos valores de R$ 600 a R$ 1.200, segue o calendário habitual do Programa, que vai até o dia 30 de junho. Os primeiros beneficiários são as pessoas que possuem o Número de Identificação Social (NIS) final 1. O recebimento do Auxílio Emergencial é da mesma forma que o benefício regular, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes CAIXA aqui; ou por crédito na conta CAIXA fácil.

Confira:

Quarta-feira (17) – 926.894 pessoas das 1.360.024 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 1

Quinta-feira (18) – 926.557 pessoas das 1.359.786 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 2

Sexta-feira (19) – 923.492 pessoas das 1.357.623 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 3

Segunda-feira (22) – 924.261 pessoas das 1.358.166 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 4

Terça-feira (23) – 922.522 pessoas das 1.356.938 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 5

Quarta-feira (24) – 919.453 pessoas das 1.354.772 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 6

Quinta-feira (25) – 921.061 pessoas das 1.355.907 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 7

Sexta-feira (26) – 917.991 pessoas das 1.353.741 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 8

Segunda-feira (29) – 920.953 pessoas das 1.355.831 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 9

Terça-feira (30) – 918.047 pessoas das 1.353.780 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 0

O calendário de pagamento para os demais beneficiários do Auxílio Emergencial será divulgado em breve pelo Ministério da Cidadania.

Solidariedade: Quentinhas são distribuídas a pessoas em situação de rua em Vitória da Conquista

A Tarde

Uma ação promovida por policiais do Esquadrão de Motociclistas Falcão da Polícia Militar, em Vitória da Conquista, distribuiu 100 quentinhas e pães, nesta quarta-feira, 17, para pessoas em situação de rua e famílias de baixa renda.

“Foi uma parceria com a igreja evangélica Ancião. Fomos nos locais de mais difíceis acessos e fizemos essa ação social tão importante para quem precisa do nosso apoio. Próxima semana entregaremos nas mesmas localidades 75 cestas básicas, máscaras e cobertores” informou o comandante do Esquadrão Falcão, major Carlos Elder Coelho de Abreu.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), todos os policiais da unidade foram testados para a Covid-19. Segundo o major, é uma preocupação prioritária, já que os profissionais estão nas ruas.

Alerta: Família paulista com 9 infectados pela covid-19 decide curtir as férias no interior da Bahia

O Correio

De férias, um grupo de nove pessoas da mesma família saiu de uma cidade da baixada santista, litoral de São Paulo, e entrou num povoado de Ribeira do Pombal, nordeste da Bahia. Seria tranquilo não estivessem todos infectados pelo novo coronavírus. O pessoal utilizou carros particulares como meio de transporte e alegou não ter passado por nenhuma barreira sanitária na Bahia, nem mesmo na cidade onde desembarcaram. “Em Minas Gerais, fomos parados em todas as cidades que passamos. Na Bahia, isso não aconteceu”, disse uma pessoa que fez a viagem e não quis se identificar. Em Ribeira do Pombal, a entrada ao povoado é antes da barreira montada pela prefeitua.

Ao chegar na cidade de destino, no último dia 6, a agente de saúde do povoado informou a situação à secretaria de saúde de Ribeira do Pombal, que, no mesmo dia, foi até a residência dos visitantes e fez o cadastro. Um dia depois, uma pessoa da família começou a manifestar dores musculares e, na segunda-feira, uma amostra foi colhida para a realização do teste do tipo RT-PCR, aquele realizado em Salvador pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Com a confirmação, todos os outros membros da família foram testados e somente nessa terça-feira (16) saíram os resultados positivos, segundo a secretaria de saúde da cidade.  Essa versão, no entanto, é contestada pela família. “Somente no nosso quarto dia na cidade que a pessoa manifestou sintomas e eles vieram colher o material para o exame”, disseram. O quadro de saúde desse familiar piorou e ele precisou ser internado numa unidade de saúde do próprio município. Só ontem houve a alta domiciliar da paciente. As outras oito pessoas seguem isoladas e são assintomáticas.
Para o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, que é prefeito de Bom Jesus da Lapa, a situação vivida por Ribeira do Pombal é compartilhada por todos os municípios pequenos da Bahia. “As cidades do interior têm uma curva crescente de casos. Muitos usam a justificativa de sensibilização para permitir a entrada, mas a maioria tem vindo de férias. Essa é a verdade, pois vemos eles fazendo churrasco”, disse.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia