Foto: Reprodução da Internet

Com novo pacto federativo apresentado pelo governo federal ao senado, o município onde o atual deputado estadual Zé Cocá (PP) foi prefeito por 2 mandatos com candidatura única, poderá sumir do mapa como município. A cidade de Lafaiete Coutinho com pouco mais de 4 mil habitantes está la lista da instição.

O Pacto Federativo, que foi entregue nesta terça-feira, 5, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, prevê a redução do número de municípios com a restrição para a criação de novas cidades e a incorporação pelo município vizinho de cidades com menos de 5.000 habitantes e com arrecadação própria menor que 10% de sua receita total. Se essa lei fosse aprovada hoje, dois municípios da região de Jequié seriam extintos, Aiquara com 4.446 habitantes e Lafaiete Coutinho com 3.724 habitantes. Lafaiete Coutinho poderá pertencer a Itiruçu ou Jequié e Aiquara seriam incorporadas a Ipiaú ou Itagi.

CONFIRA AS CIDADES DA BAHIA QUE PODEM DEIXAR DE EXISTIR
1. Maetinga (BA) – 3161 habitantes
2. Catolândia (BA) – 3577 habitantes
3. Lafaiete Coutinho (BA) – 3724 habitantes
4. Lajedinho (BA) – 3783 habitantes
5. Lajedão (BA) – 3955 habitantes
6. Ibiquera (BA) – 4044 habitantes
7. Dom Macedo Costa (BA) – 4058 habitantes
8. Contendas do Sincorá (BA) – 4066 habitantes
9. Aiquara (BA) – 4446 habitantes
10. Gavião (BA) – 4463 habitantes

O atual deputado é um dos pretensos pré candidato a prefeito de Jequié em 2020, onde possivelmente seu antigo município ( Lafaiete Coutinho) será incorporada. O deputado ultimante tem sido de grande influencias em outros municípios para apoiar candidatos a prefeitos na Bahia, em Poções, o mesmo tenta montar um grupo com alguns vereadores. Zé Coca obteve 644 votos no município de Poções, nas ultimas eleições para deputado. Até então nenhum beneficio foi canalizado para Poções por parte do deputado Zé Cocá.

*Repórter Van nascimento